16 de set de 2007

Silas e Elionore Stone

Maude e Tucker Stone fizeram suas vidas como atores e encenando números musicais. Sempre tiveram um relacionamento estável. Algum tempo depois do casamento, Silas Stone nasceu.
Envergonhando-se das carreiras de seus pais, Silas voltou toda sua atenção à ciência. Quando Silas tornou-se adulto, Maude e Tucker passaram a viajar com freqüência, fazendo com que seu filho se afastasse deles.
Com o tempo, Silas apaixonou-se e casou-se com uma colega cientista, Elionore. Logo, Victor Stone nasceu e, por ser filho único de pesquisadores, cresceu sob a influência científica. Durante um dos experimentos que estudavam, Silas e Elionore usaram seu filho como amostra, descobrindo que Victor possuía um Q.I. de 170. Infelizmente, a o amor pela ciência fez com que Silas e Elionore ignorassem uma infância normal a Victor.
Silas Stone era colega de Raymond Dark – o mesmo que se tornaria líder dos Filhos do Sol – no Centro de Pesquisas Westchester. Dark propôs usar energia nuclear em um experimento, contrariando a opinião de Silas, que julgava as medidas um tanto instáveis. Dark perdeu a cabeça e acusou Silas se ser um simpatizante comunista. Assim, Silas foi demitido, assumindo os Laboratórios STAR com sua esposa, Elionore.
Quando Victor se tornou um adolescente, vivia se metendo em encrencas junto ao jovem Ron Evers, que havia se tornado amigo de Vic devido à solidão e à falta que o garoto sentia da atenção de seu pai. Graças à Elionore, Silas permitiu que Victor freqüentasse uma escola pública, onde o garoto imediatamente fez amigos e passou a demonstrar um grande potencial ao esporte. Neste período, Victor também conheceu sua primeira namorada, Marcy Reynolds, e dedicou todo seu tempo na esperança de participar de uma Olimpíada. Silas se opôs aos planos atléticos de seu filho, pois queria que seguisse seus passos, sem ao menos se importar qual seria o desejo de Victor. Este impasse causou uma grande distância entre os dois.
Certo dia, Victor decidiu visitar seus pais nos Laboratórios STAR. Silas e Elionore trabalhavam em dois projetos: um projeto de estudo e observação de uma situação inter-dimensional; e o desenvolvimento de próteses cibernéticas para soldados com deficiência física. Enquanto observavam outra dimensão, Silas, acidentalmente, permitiu que uma criatura penetrasse a barreira que separava nossa dimensão daquela. A entidade matou Elionore e feriu violentamente Victor antes que Silas ativasse as medidas de segurança e enviasse a criatura de volta a seu lugar.
Determinado a não permitir que seu filho tivesse o mesmo destino de sua esposa, o desesperado Silas usou as próteses cibernéticas na reconstrução do corpo de seu filho, que sobreviveu, tornando-se o Cyborg. Irado com seu pai por torná-lo uma aberração, Victor se afastou da civilização, passando a viver na Cozinha do Inferno, um péssimo local dentro de Nova York. Foi lá que Ravena encontrou Vic, convidando-o a se juntar aos Novos Titãs.
Aprovando os novos amigos de Victor e sentindo que precisava dar um propósito de vida a seu filho, Silas construiu a Torre Titã. Victor desconhecia o fato de que seu pai estava condenado devido à radiação que sofrera durante o acidente. Quando reconheceu os esforços de seu pai, os dois reconciliaram-se. Silas morreu pouco tempo depois, mas Victor permaneceu a seu lado até o fim.


Tradução e adaptação livre do site Titanstower.com por Titã.

Nenhum comentário: