15 de dez de 2007

Kitson fala sobre Liltih

Bill Walko nos mostrou também uma parte da entrevista que ele fez com Barry Kitson, escritor dos Titãs pouco antes do título ser cancelado em 2003. Ele fala um pouco do que pretendia mostrar no grupo e de como ficou chateado com a morte da Lilith.


TTC: Quando você pegou a série, quanto tempo pretendia ficar?

BK: Bom, era pra ser dois ou três anos, pelo menos. Como todos sabem, eu gosto de me sentir em casa em meu trabalho. Minha frustração foi que, nos Titãs, eu não tive a oportunidade de fazer o que eu gostaria.

TTC: Você tinha idéia do que gostaria de fazer assim que assumiu o título?

BK: É difícil de lembrar exatamente, mas pelo que me lembro, eu queria voltar os Titãs ao que eles eram antigamente, na fase Wolfman/Pérez.

TTC: Os Titãs já tiveram em seu grupo vários heróis. Você pretendia mostrar alguns deles, eventualmente?

BK: Eu adoro personagens coadjuvantes, mas era preciso um grupo definido. Alguns personagens na época tinham suas próprias revistas, como o Asa Noturna e Flash. Ficava difícil, então, ter liberdade com os personagens, pois isso poderia refletir nas histórias de outros autores.
Eu iria trazer Lilith de volta, pois ela sempre teve papel importante no grupo. Eu a amava quando criança e então pensei: “Enfim alguém em que podemos nos concentrar!”.
Eu já havia escrito um arco com a Karen e o Mal no grupo. Tinha planos para Ravena e Estelar. Mas, não deu certo, infelizmente.

TTC: Você deve ter ficado chateado com o que aconteceu com ela em Dia de Formatura.

BK: Sim. Fiquei muito triste {risos}. Pode colocar isto na entrevista.

Comentário:

Como teria sido bom! Mas se não tivesse sido assim, não teríamos tido a fase interessantíssima do Geoff Johns.

Nenhum comentário: