18 de ago de 2008

Especial - O Terror de Trigon

O Terror de Trigon

Por Tarcísio Aquino


Trigon, sem dúvida, foi o responsável pela formação dos Novos Titãs. Ravena, buscando deter a ameaça de seu pai, reuniu alguns integrantes da antiga Turma Titã – Robin, Moça-Maravilha e Kid Flash – e novos jovens heróis – Cyborg, Estelar e Mutano. Juntos, conseguiram deter Trigon, aprisionando-o em outra dimensão guardada por Arella, mãe de Ravena.

Entretanto, tempos depois, Trigon se libertaria. O demônio inter-dimensional esperou o momento certo para retornar. À medida que o tempo passava, Trigon se fortalecia e buscava em Ravena, novamente, o portal para sua libertação. Com isso, a jovem empata passou a demonstrar uma mudança significante em seu comportamento e aparência física. E isso não passou despercebido por seus colegas.

Capítulo I – Jogos de Guerra

 Tudo começou quando os Titãs estavam treinando suas habilidades na Ilha Titã. O alvo era Jericó e todos deveriam capturá-lo. Asa Noturna, Cyborg, Mutano, Moça-Maravilha e Estelar sofreram o bastante para tentar dominar o jovem mutante. Assim que foi preso no laço de Donna Troy, junto a Asa Noturna, Joey percebeu uma nova chance de escapar – fazer contato com Ravena, que acabara de aparecer no cenário.

Ravena queria anunciar algo a seus amigos, mas foi interrompida quando Jericó fez contato com a garota. Desconsiderando o aviso da empata de não tocá-la ou invadir seu corpo, Jericó seguiu com suas ações. Ravena entra em pânico e desaparece, mesclando-se a ondas de deslocamento extra-dimensional. Joey desperta do susto e diz a seus amigos que testemunhou um enorme mal em Ravena e se indaga por que nunca tentaram ajudá-la.

Em seguida, todos se reúnem da sala de reuniões da Torre Titã para, juntos, tentarem descobrir uma forma de ajudar a empata. Jericó se propôs a conversar com Ravena, que estava em seus aposentos. Ao chegar ao quarto, Ravena já o esperava e disse que não sabia o porquê de se sentir bem ao lado do mutante. Pede para Joey descer e avisar os amigos que logo ela se reuniria a eles.

Na sala de reuniões, Ravena diz a seus amigos que deixaria os Titãs para que eles não carregassem o fardo frustrante de não poderem ajudá-la. Todos ficaram perplexos, mas nada podiam fazer. Insatisfeito com a decisão de Ravena, que passaria a última noite na Torre, Jericó decidiu descobrir o que estava acontecendo e penetrou outra vez no corpo de Ravena. O resultado foi terrível – Joey se deparou em um nexo extra-dimensional onde Trigon tinha acesso à Ravena. Irritado com a presença do jovem mudo, Trigon, o Terrível, mostrou todo seu poder a Jericó, fazendo com que Ravena gritasse incessantemente, despertando todos na Torre. Como conseqüência, Ravena desapareceu e os Titãs perceberam que o que temiam aconteceu – Trigon retornou!

Capítulo II – A Chegada de Trigon

 Um dos sinais do retorno de Trigon foi que o céu se fechou e uma terrível tempestade teve início. Os Titãs, desorientados com o que houve, ficaram surpresos ao receberem uma visita inesperada – Lilith chegou à Torre e disse que sentiu que eles precisariam de sua ajuda.

No quarto de Ravena, os Titãs encontraram os anéis de Azur e, assim que Lilith percebeu que eles seriam o canal para o contato com Ravena, uma terrível tempestade assolou o quarto de Ravena. Em seguida, Lilith disse que para poderem fazer o contato com a empata, além do canal com a alma (os anéis), eles precisariam de um canal para o coração. E esse canal seria Wally West.

Após terem buscado Wally, Lilith iniciou uma corrente entre os Titãs para trazerem Ravena de volta. Durante a sessão espírita, eles foram capazes de trazer Ravena, que, por sua vez, renegou a ajuda de seus amigos.

Na mesma sessão, os Titãs foram levados a Azurath, onde presenciaram as feras de Trigon devastando a dimensão.

Capítulo III – Negro como o Inferno

 As feras de Trigon devastaram Azurath, mas os anéis de Azur protegeram os Titãs, que foram levados, em seguida, para a Terra.

O planeta se encontrava dominado por Trigon que, através de Ravena, exigiu que todos o considerassem como total regente da Terra – aqueles que desobedecessem seriam exterminados.

Joe, preocupado com Ravena, penetrou outra vez na amiga com a esperança de dominá-la e deter Trigon. Como conseqüência, Jericó entrou em estado de choque.

Concomitantemente, os Titãs passaram a enfrentar suas próprias versões, que procuraram demonstrar as fraquezas de cada um: Asa Noturna enfrentava um Dick Grayson que o culpava por ter abandonado o Batman, o que causou a morte do Homem-Morcego; Donna Troy viu a sim mesma assassinando seu marido, Terry Long; Garfield era torturado ao ver sua versão maligna assassinando todos aqueles que ele amava; Victor sofreu ao ser renegado por Sarah Simms e seus alunos; Estelar teve de enfrentar a possibilidade de novamente se tornar uma escrava e; Wally West foi forçado a encarar as possibilidades de se entregar de corpo e alma à Ravena.

Capítulo IV – Tormento!

 Todo o planeta se encontrava dominado pelo demônio, inclusive todos os outros heróis como a Liga da Justiça da América, que estavam em estase. Os Titãs continuaram enfrentando suas versões e isso tinha um significado – Trigon possuiria suas almas assim que eles demonstrassem ira total, capaz até mesmo de matar suas próprias versões.

Enfim, Trigon conseguiu o que desejava – os Titãs foram totalmente dominados por suas iras, mas o resultado não foi como Ravena e Trigon queriam. Eles atacaram Ravena, que, presumidamente, fora morta.

Capítulo V – O Terror de Trigon!

Com a morte de Ravena, Trigon ficou possesso e iniciou uma tremenda destruição no planeta. Os Titãs resolveram atacá-lo, mas acabaram derrotados e, presumidamente, mortos.

 No mesmo momento, Trigon explicou como conseguiu escapar de sua prisão dimensional. Através das almas que ele drenou em sua dimensão, Trigon obteve poder o suficiente para se libertar de lá. Com tanto poder, ele se tornou enorme e muito mais poderoso. Entretanto, precisava das almas dos terráqueos para retornar à sua dimensão, onde reinaria ao lado de sua filha, Ravena.

Azur, ao possuir o corpo de Lilith, explicou que Ravena não estaria morta e que esse seria o seu destino para derrotar seu pai. Ravena foi preparada desde a infância para este momento. Com seus Anéis, Azur fez com que Trigon fosse derrotado. As almas de Azurath e Azur conseguiram destruir o vilão, finalmente. Neste ínterim, Ravena recuperou sua aparência normal e desapareceu.

A Terra voltou ao normal e somente os Titãs lembravam do que houve realmente – os heróis do planeta assim como seus cidadãos lembravam apenas de uma simples ameaça que fora detida pelos Titãs.

Assim, o grupo percebeu que tudo mudou no grupo.

Ecos

Esta saga, inteiramente coerente, foi uma das principais estórias dos Novos Titãs. Wolfman e Pérez conseguiram demonstrar toda a relação entre eles, além de estabelecer uma nova era para os Titãs. Seguindo esses eventos, Ravena foi dominada pelo Irmão Sangue enquanto Lilith e Jericó passaram a integrar os Titãs.

Neste evento pudemos perceber vários ganchos para futuros arcos como Titãs Caçados (Joe penetra no corpo de Ravena, tornando-o o futuro receptáculo para as almas corrompidas de Azurath) e o retorno de Irmão Sangue.

É importante ter conhecimento desta estória para que possamos entender a forma que Trigon retornou, atualmente (Titans 2008).

Sem dúvida, O Terror de Trigon foi uma das principais estórias dos Novos Titãs, ao lado de o Contrato de Judas e Titãs Caçados.

Nenhum comentário: