10 de ago de 2008

The New Titans - Games

Games foi uma graphic novel inacabada produzida por Marv Wolfman e George Pérez. Entre seus altos e baixos, acabou nunca sendo terminada – Por enquanto!

Traduzimos vários artigos sobre Games para entendermos o que aconteceu.

Por Paulo Egídio.

A Graphic Novel dos Titãs: Games

A história por trás da inacabada Graphic Novel dos Titãs

GAMES: A Premissa

[de Comics Scene Magazine #8, 1989 - um artigo com George Pérez e Marv Wolfman]

Cyborg, o gladiador cibernénetico, tornar-se-á um dos mais valorosos jogadores numa série de jogos dos quais os Titãs terão pouca chance de participar. Ironicamente, foram discutidas as estratégias que seriam usadas neste projeto, uma graphic novel não destinada a alcançar as livrarias por pelo menos mais um ano, provando ser aquilo que fez o artista George Perez voltar à série que ele ajudou a desenvolver.

"É díficil explicar a graphic novel. É uma das mais fortes estórias de super-heróis que já fizemos, mas também vai do humor à ficção científica e, para o horror e tantos outros assuntos, é inacreditável. É realmente impossível de descrever," pontua Wolfman, fora o fato que Pérez irá pintá-la sozinho. "Foi a primeira vez que voltamos depois de um tempo, e foi como se toda a energia que tínhamos tido estivesse nesse encontro. Eu tinha uma idéia crua, mas quando sentamos juntos, não parou de crescer. É tudo aquilo que sempre quisemos fazer com os Titãs. Não sei quanto tempo isso vai levar, mas George esboçou umas 120 páginas. Quando terminamos, nós estávamos totalmente exaustos, e eu acho que trabalhar nisto é o que levou George a fazer o livro sozinho porque percebemos que a química ainda está lá."

Os elementos individuais, contudo, não estão mais sintonizados nas mesmas proporções. Quando Wolfman e Pérez começaram sua parceria, o escritor preferia fazer toda a trama sozinho, mas depois de descobrir "a pessoa de caráter fenomenal que George é," a dupla começou a dividir o restante no decorrer da caminhada.


GAMES: Administrando Agendas

[de Comics Scene Magazine #11, 1990 – um artigo com George Pérez]

 Pérez está agora co-escrevendo The New Titans, escrevendo Mulher-Maravilha e fazendo esboços para Action Comics. Contudo, os fãs de quadrinhos não viram todo o trabalho artístico de Peréz. Ele tem um trabalho magnífico feito no período de 1990: A tão aguardada Graphic Novel dos Titãs, Games.

"Estou trabalhando nisto agora. Estou tentando produzir quatro páginas por semana, assim terei terminado pelo final de Janeiro," Pérez afirma. "Elas estão sendo arte-finalizadas por Karl Kesel e colorizadas por John Stracuzzi. Não existe data de lançamento certa. Aconteceu tanta coisa e já deixou de ser que quero trabalhar nisto intensamente. É minha culpa e de ninguém mais. Produzindo numa rotina de quatro páginas por semana, não estou forçando ninguém mais a fazer sua parte às pressas. Karl não terá 120 páginas para trabalhar todas de uma vez: 'Você tem duas semanas!'" Ele brinca.


GAMES: Ainda Planejando

[De Comic Scene #24, Fevereiro 1991 – um artigo com Marv Wolfman]

Games, a tão antecipada Graphic Novel dos Titãs, ainda acontecerá. Wolfman promete que a espera valerá a pena.

"São cerca de 120 páginas, e George Pérez já desenhou 80 delas," ele diz. "Quando tivermos terminado, vou por os diálogos, e espero que seja em breve! Tudo será um flashback, depois de George ter terminado, ele voltará para adicionar um começo e um final com os novos personagens, porque eles não serão o mesmo grupo. Será a única vez que George terá trabalhado nos novos personagens, e será também a última vez que veremos os antigos. É uma estória magnífica. Mal posso esperar - as primeiras 80 páginas são incríveis! É de algum modo o melhor trabalho que George já tenha feito na vida.


GAMES: O que atrasou?

[de George Pérez Newsletter #1, 2001]

Tony: Sei que houve uma tremenda confusão acerca do fiasco que foi Liga da Justiça/Vingadores. Mas houve pouco barulho no que diz respeito à Graphic Novel dos Titãs. Pelo que eu li você desenhou aproximadamente 100 páginas.

George: Um pouco menos do que isso. Acho que desenhei até por volta das 70 páginas. Muita publicidade que não havia para este projeto se deu porque este trabalho não era político. No caso de Liga da Justiça/Vingadores foram duas companhias entrando em discordância. No caso dos Titãs foi o excesso de compromissos e a minha impossibilidade de terminar a coisa. Enquanto eu estava desenhando a estória, um monte de coisas estava acontecendo nas séries regulares, deixando a estória sem relevância. Sou a única pessoa culpada pelo não lançamento da graphic novel. Nenhum viés político por detrás desta estória, apenas um artista enlouquecendo. Eu simplesmente me abarrotei de trabalho.

[Do DC Message Boards]

O editor da DC Bob Greenberger: "GAMES foi projetado como uma graphic novel com pouco mais de 96 páginas que George nunca terminou. Em parte, ele nunca a terminou porque o trabalho nunca tinha agradado a todos, se bem me lembro. Uma vez com o projeto engavetado, muitos dos elementos da estória foram tirados da Graphic Novel e colocados nas séries mensais. Assim, quando o assunto de terminar o trabalho apareceu em algum ponto, nós percebemos o quão pobre seria comparado com as estórias feitas até então e foi decidido mantê-la engavetada.”


Pérez diz que GAMES esta morta

[De George Pérez Newsletter #2, 2001]

Tony:...Agora tudo que precisamos é terminar a inacabada graphic novel " GAMES". Posso sonhar com isso?

George Pérez: Receio que esse sonho nunca será nada além disso. Fora o fato da presença de personagens mortos, como Jericó,uma cena principal na estória acontece no World Trade Center. Isto pra mim já é o suficiente para acabar com qualquer especulação.

 Marv sobre Reviver GAMES

[De silverbulletcomicbooks.com – postado em 17 de Novembro, 2002]

De Peter Milan

Deixe me ir direto ao ponto... Existem 80 páginas de uma Graphic Novel de Wolfman & Pérez simplesmente por aí em algum lugar, e a DC não está interessada em publicá-la? Isto soa pra mim que vai vender como água.

Sim, Peter, pode pensar assim. Chama-se Games, e George já tinha desenhado 80 páginas das 120 aproximadamente. Eu sempre senti que poderíamos pegar alguém para terminá-la. Eu ainda sinto.

[de silverbulletcomicbooks.com – postado em 16 de Fevereiro, 2003]

"Games", a graphic novel que George e eu começamos retrocedeu desde então. George desenhou 80 páginas da melhor arte dos Titãs já feita antes de começar um bloqueio criativo com os personagens. Eu continuei tentando fazer a DC deixar outro artista terminar as últimas 30 páginas, mas por razões que nunca fizeram sentindo pra mim eles sempre se recusaram. Frequentemente trago o assunto de novo e a resposta ainda é não. Por quê? Não posso imaginar. Existem 80 páginas feitas. Eu teria que pôr os diálogos e pouco precisaria ser arte-finalizada, mas acho que mesmo hoje se fosse uma estória túnel do tempo - ou ao menos uma estória do Hypertime - as pessoas se amontoariam para comprar um livro de capa dura Pérez/Wolfman. O que vocês acham?

[De cinescape.com - "Titãs perdidos e Genes encontrados" Data: Sábado, 21 de Julho, 2001]

Durante o curso desse processo no qual vários opinavam (um conceito que deixou os criadores receosos em como proceder), Wein e Wolfman discutiram seus começos como adolescentes invadindo o negócio dos quadrinhos e o caminho que os levou aos dois maiores editores (naquele tempo) e até mesmo as fronteiras da animação televisiva. Wolfman também elaborou, acerca da inacabada graphic novel dos Titãs, escrita por ele e ilustrada por George Perez, um projeto que - como muitos na indústria -acabou fracassando e ainda permanece na mente de fãs e criadores do mesmo modo.

"George desenhou 80 páginas de (uma estória de 120 páginas) e começou um bloqueio criativo,” disse Wolfman. "Ele, literalmente, não conseguia desenhar qualquer desenho dos Titãs. Como já tive bloqueio de escritor, eu entendo totalmente. Ele simplesmente atingiu um muro. Eu disse, 'Vamos devagar para poder terminá-la’. Por razões que me escaparam da memória nestes quinze anos, a DC apenas decidiu cancelar o projeto. Eu amaria terminá-lo. Foi a melhor estória dos Titãs que nós já criamos." Embora este projeto possa estar amaldiçoado a nunca ver a luz do dia, para Wein e Wolfman o futuro parece particularmente brilhante. Depois de décadas criando quadrinhos altamente memoráveis, eles tinham vendido seu primeiro filme, e todos presentes na convenção foram alguns dos primeiros a ouvir sobre a nova direção que eles tinham para filmes de super-herois.


 GAMES: Por detrás da estória com George Pérez

[Cortesia da Modern Masters Volume two: George Pérez, TwoMorrows Publishing 2003]

Percebendo que a estória da graphic novel dos Titãs realmente tinha um tempo limite, de algum jeito poderia ser válida. "Vamos usá-la para o número 50." Ao invés de esperar que eu terminasse o projeto enquanto eu trabalhava na Mulher Maravilha, nós dividimos a graphic novel num arco de multi-estórias. A DC ainda queria uma graphic novel - Eu fui pago adiantado por uma - isto significava começar tudo do princípio. Por este ponto Barbara Randall- que se tornou Barbara Kesel, que agora é minha escritora em Solus, Marv Wolfman, e eu decidimos que seria melhor criar uma estória que não estivesse diretamente atada com a continuidade. Então, viemos com a idéia de GAMES, que era um grande jogo de gato e rato envolvendo King Faraday, um obscuro personagem da historia da DC (Originalmente aparecendo em Danger Trail #1-5, 1950-51), e usando diferentes tipos de armadilhas sendo Nova York um imenso tabuleiro de jogos.

Por exemplo, nós tínhamos Ravena enclausurada num dilema com estátuas flutuantes, como um gigante jogo de xadrez. Os tijolos no chão eram linhas de coordenadas como no tabuleiro. Jericó foi apanhado num tipo de jogo de cartas no qual as cartas representavam trabalhos de arte e a ação acontecia no Museu Gugenheim.

Havia um monte de pesquisa que entrou aí. Havia também uma cena que era no topo do World Trade Center. E considerando que o World Trade center estava ameaçado, você pode imaginar que eu tenho uma mistura real de sentimentos só de pensar em ver a Graphic Novel publicada agora. Embora Marv e eu tenhamos conversado sobre a possibilidade de apagá-lo e redesenhar um outro prédio, tem alguma coisa que me atormenta só pelo fato de apagar o World Trade Center do meu trabalho.

Acabou sendo uma estória muito complexa diferente do que tinha criado - Marv era meu co-criador neste caso - idéias estavam aparecendo, o visual, como as coisas estavam colocadas e a conclusão da estória. Isto estava crescendo e crescendo e eu a desenhava enquanto também tentava trabalhar nas séries regulares. Assumo a culpa da Graphic Novel não ter sido terminada, mas a DC tem que levar alguma parte da culpa, pois ela era a constante serpente no jardim que me tentava todo tempo, oferecendo-me esses outros pequenos trabalhos maravilhosos ao invés de me deixar livre para minha estória. [Risos]

Eu estava pegando muitos compromissos. Eu era o garoto dourado da DC comics. Mas também fui estúpido o suficiente de não saber quando dizer não. Muitas vezes os editores me ofereciam o trabalham sem ter a menor noção de onde eu estava no meu trabalho regular, então eles presumiam "Sim ele quer fazer isso" significava "Sim, ele é capaz de fazer isso". Fiz muitas decisões estúpidas como esta até Games ficar atrasada, atrasada e atrasada. Eu fui pago, pago e pago, mas nada estava sendo dado.

Eventualmente, desde que eu não estava mais fazendo a série dos Titãs naquele tempo eu estava somente na metade do caminho em Games, e coisas estavam acontecendo que mudavam o impacto da estória. A morte de Jericó na série regular ameaçou o personagem na graphic nove.. Na minha concepção começou a parecer uma estória vazia. Não havia mais senso real de perigo.

O que começou sendo uma proposta de 64 páginas terminou tornando-se uma estória de mais de cem páginas - acho que eram umas 120 páginas ao final do roteiro, do qual desenhei quase 80. Eu estava começando a perder o foco e foi o começo de um momento muito ruim na minha carreira na qual eu estava me tornando o rei dos projetos inacabados.

Aconteceu com Games e mais tarde com Guerra dos Deuses, eu estava sendo conhecido por projetos inacabados e não mais confiável em cumprir prazos. Levariam alguns poucos anos para eu poder recuperar todo profissionalismo. A maior ironia é que durante a pior parte da minha carreira profissional, mesmo tendo estórias atrasadas e inacabadas, também foi o mais rentável período da minha carreira![Risos]

Foi o tempo em que ganhei mais dinheiro, embora eu não tenha uma satisfação real de todos aqueles anos.


Nunca diga Nunca: GAMES ainda vai acontecer!

[cortesia de http://www.comicon.com/pulse/ "WOLFMAN & TITAN GAMES BY JENNIFER M. CONTINO" Verão 2004]

Voce pediu, a DC comics ouviu, e finalmente vai entregar um antigo projeto, a inacabada Graphic Novel de Marv Wolfman e George Pérez, Games. Anunciada na Wizard World Texas, Games é a estória na qual todos os entusiastas dos Titãs têm clamado. Pérez falou ao THE PULSE, "Marv Wolfman e eu finalmente terminaremos outro grande projeto abortado que os fãs têm perguntado durante anos. Eu descobri que todo material original (cerca de 60 ou mais páginas) pertence a um homem e ele é quem mais deseja devolver o trabalho, para que eu possa desenhá-lo e arte finalizar as páginas já desenhadas. Isto me dá certa previsão de lançamento planejado para Dezembro de 2004. Tom se juntará a festa como colorista." Nós pegamos Marv Wolfman para umas perguntinhas rápidas sobre o projeto.

THE PULSE: Ainda se chama OS NOVOS TITÃS: GAMES ou já possui um novo nome? Se sim, qual é? Quantas páginas têm? Qual a data aproximada de lançamento?

MARV WOLFMAN: Uau. Muitas perguntas disfarçadas em uma. Eu não tenho idéia neste estágio se serão chamados NOVOS TITÃS ou não. Isto ecoaria nosso título original então seria algo bom, mas é uma decisão da DC. Quando acontecer uma votação para nomeá-la eu, provavelmente, vou querer NOVOS TITÃS, mas veremos. Nosso plano é fazer 120 páginas, como era originalmente pretendido, mas se, ao desenhar as últimas páginas, George precisar de mais ou de menos, tenho certeza que a Graphic Novel será ajustada de acordo. Acredito que a data de lançamento é no próximo inverno.

THE PULSE: Muitas pessoas têm ouvido coisas aqui e ali sobre esta Graphic Novel inacabada. O que aconteceu originalmente que causou o atraso na arte de Games?

MARV WOLFMAN: Como George falou na época, depois de ter desenhado 70 e poucas páginas ele percebeu que não conseguia desenhar mias nenhuma outra página com os Titãs. Houve um bloqueio nele da mesma forma que eu já tive bloqueio de escrever. Para o seu próprio bem, George tinha que ir para outros projetos. É a mesma coisa deu fazer estórias que não são de super-heróis antes de escrever Crise. Às vezes, me cansava de estórias de super-heróis.

THE PULSE: O que é NOVOS TITÃS: GAMES? Onde se situa em termos de (agora) continuidade na história dos Titãs?

MARV WOLFMAN: Games é muito uma estória que se apóia sozinha, pretendida entre 86 ou 89 (não me lembro agora) que usava os personagens que eu e George criamos mais Danny Chase, o garoto chorão favorito dos fãs dos Titãs.

THE PULSE: Quem são os Titãs na estória?

MARV WOLFMAN: Todos os regulares: Asa Noturna, Estelar, Tróia, Ravena, Cyborg, Mutano, Jericó e Danny, mais um e outro personagem secundário popular.

THE PULSE: Isto foi desenhado do roteiro original ou você reescreveu/melhorou alguma coisa? E sobre a arte - São todas originais mais as páginas adicionais ou algumas tiveram que ser refeitas?

MARV WOLFMAN: Originalmente achava que George tinha desenhado 80 páginas porque eu tinha visto páginas numeradas até o 80, mas descobri que ele tinha desenhado 70 e tinha pulado umas poucas páginas aqui e ali. Obviamente, George irá terminar as páginas, então teremos as 70 páginas originais e novas desenhadas em 2004. Sabendo que isto faria George levar alguns meses para fazer as 120 páginas, eu nunca dialoguei qualquer uma delas porque eu queria uma voz constante ao longo do processo sem ser interrompida por outro escritor ou mudanças de humor. Assim quando ele terminar as 120 eu sentarei e começarei a pÔr os diálogos. Agora não existe qualquer plano para redesenhar o original. Mas pode mudar na medida em que George se envolver. Isto tudo é por conta dele.

THE PULSE: Sobre o que é a estória? Por que é chamada GAMES?

WOLFMAN: Isso será contado.

THE PULSE: Como você se sente em finalmente ver esse projeto terminado?

WOLFMAN: Eu não vou falar ate vê-lo realmente terminado, impresso e à venda, porque depois de 15 anos ou mais tentando terminar este trabalho eu ainda não posso acreditar que isto vai surgir, de verdade. Mas, não preciso dizer, Eu estou muito feliz, pois nós iremos trabalhar nele. George e eu pensamos na época que este era uma das, se não a melhor estória dos Titãs que já surgiu. Eu sinceramente espero que não estejamos enganados. Para mais informações sobre "Titãs: Games," visite meu website na Segunda, 24 de Nov.


 GAMES: Avanço

Eu conversei com George Pérez na San Diego Comic Con em 2004. Então, qual é o problema com Games? George acredita que está se sobrecarregando nestes últimos meses de 2005. Sessenta e algumas páginas estão desenhadas e pintadas daqueles anos atrás. Algumas outras estão desenhadas, mas não pintadas. E existem mais de 40 páginas que precisam ser desenhadas do esboço. Al Vey arte finalizou as 60 páginas originais, mas um arte-finalista diferente será usado pro restante; O estilo de arte final de Al Vey mudou muito nestes últimos 15 anos (Nova notícia: O novo arte finalista é Mike Perkins para as páginas restantes).

Perguntei se a estória mudaria completamente por conta de qualquer mudança de continuidade atual que possa haver. George mencionou que a estória será muito parecida com o que era. Mesmo a seqüência do World Trade Center permanecerá, uma vez que ela já foi totalmente completada. Perguntei sobre um ponto na trama particular que afeta drasticamente um dos personagens de apoio dos Titãs (alguns de vocês saberão o que estou falando)... Se isso também permanecerá na estória. "É muito importante na estória para ser deixado de fora," disse George.

Também perguntei a George se ele teria que mudar muito seu estilo atual do seu velho estilo de desenhar. Ele falou que seu estilo não mudou muito quando ele analisa estes últimos 15 anos... Assim não terá muito problema.

George falou um pouco sobre a nova seqüência, que será na época atual. "Será o grupo de Geoff Johns?" Perguntei. George somente disse que será "atual". Hmmm... A nova seqüência terá seis páginas.


GAMES: Novamente perdida

Do próprio George em 20 de Fevereiro, 2006: "Bem, está na hora de novidades malucas sobre o que está acontecendo dentro da cabeça de Pérez. Eu tenho lido um número muito grande de mensagens em fóruns perguntando coisas do tipo “Quando George começará em THE BRAVE & THE BOLD”?", GAMES, a graphic novel dos Titãs vai algum dia ver a luz do dia?”, “Ele está trabalhando nos personagens para a bíblia oficial da DC Comics”?”"Este trabalho estará disponível algum dia para que o publico possa comprar?"

 (...) O estatus oficial de GAMES é um pouco mais dramático. Com todo o trabalho que eu venho desenvolvendo, não vejo quando eu terei tempo de voltar à Graphic Novel. Sendo bem honesto, e honestamente sendo bem brutal, eu não teria esperanças de vê-la lançada. Eu sei que meu maravilhoso amigo e co-criador Marv Wolfman ainda está otimista pela ressurreição deste projeto (muito dessa positividade me energizou dois anos atrás quando eu me direcionei em terminar este trabalho), mas meu subseqüente contrato de exclusividade com a DC tem feito a editora a utilizar meus talentos em projetos mais atuais com o intuito de olhar para o futuro da DC mais do que mexer na nostalgia do seu passado. A arte completa de Games está com mais de 15 anos de idade, embora eu ainda ache ela muito bonita, em minha opinião. Suponho que seria aceitável iniciá-la de novo, mas parece muito improvável no atual caminho da DC em cada novo ano. Por isso, eu sinceramente peço desculpas para Marv, para o arte finalista Mike Perkins que assinou um contrato de exclusividade com a Marvel depois de ter feito umas 10 páginas, para Al Vey, que tinha arte-finalizado as páginas antigas uma década antes, para o colorista Tom Smith, para os fãs que esperaram por tanto tempo e peço desculpas a mim. Seria espetacular o término deste projeto, eu sugeri a mesma coisa anos atrás. Infelizmente, a DC sempre quis isso como um projeto Wolfmam/Pérez nos Titãs; Assim, sem mim, não será feito. Um beco sem saída e sem solução, temo dizer. Ainda assim existe um pequeno lampejo de esperança. Depois de tudo, se eu já tiver terminado todos os meus projetos e não haver mais anda para fazer? Nunca se sabe!"

George sobre a Graphic Novel, GAMES, em 22 de Maio de 2006:

"Existem ainda umas 50 ou mais páginas para serem desenhadas. É uma estória enorme. E tanto quanto isto é algo que quero fazer, é também um trabalho indefinido. E sei que me odeiam quando digo isso - e Marv odeia ainda mais - Mas eu não consigo mais vê-la terminada. Com todo o trabalho que a DC tem me passado, não tem como eu encaixar a Graphic Novel dos Titãs na minha agenda. Então, é algo indefinido, e não consigo ver um dia em que isso será diferente. (...) Como eles vão colocar a Graphic Novel na minha agenda se estou fazendo séries mensais e preenchendo meu tempo livre com outros projetos? Acho que estão me adulando - Games era certeza quando eu não era exclusivo. Agora que sou exclusivo, eles querem que eu faça tantas coisas. Quando eu não era exclusivo, eles achavam que a Graphic Novel dos Titãs era a única coisa que poderiam tirar de mim por enquanto. Assinar a exclusividade parece ter matado a Graphic Novel dos Titãs”.

Confira várias páginas: titanstower.com

Nenhum comentário: