25 de set de 2008

Poeira no Horizonte

Como já sabemos, na série Titans será revelada a presença de um traidor em meio a equipe. Segundo as solicitações, esse traidor seria um "agente adormecido": uma pessoa que, sob ordens de outra, torna-se membro efetivo de um grupo, permanecendo infiltrada até que o momento de agir chegue. Um agente adormecido não contacta seu mandante em momento algum; apenas aguarda ordens de seus superiores (como conseqüência disso, um traidor desse tipo de pode ficar infiltrado por anos sem que ninguém suspeite).

Até onde sabemos, a mini-série DC Universe: Decisions será o pivô para esse acontecimento. Nela, os heróis do Universo DC envolvem-se com a corrida presidencial norte-americana após a descoberta de que alguém planeja assassinar os candidatos. Para executar seus objetivos, esse alguém estaria forçando pessoas inocentes a agir como homens-bomba e cometerem atentados suicidas. Após serem capturadas, essas pessoas afirmam não se lembrar de nada do que ocorreu (indicando a possibilidade de que foram forçadas através de superpoderes de manipulação mental ou emocional).

A dita traição promete colocar os Titãs em conflito com a Liga da Justiça, gerando conseqüências que serão vistas tanto em Titans quanto em Teen Titans, além de servir como trampolim para uma nova série do herói Vigilante. Em entrevista ao site Pulse, Marv Wolfman falou sobre a sua nova série mensal Vigilante (clique aqui para ler a entrevista completa). Entre os tópicos discutidos, ele mencionou o seguinte:

"O primeiro arco [da série Vigilante] será o mais traiçoeiro. Estamos tentando amarrar com um arco muito maior dos Titãs-DC que surgiu de uma idéia que eu lancei para o Vigilante e então desabrochou em alguma coisa muito maior."

Uma prova do quanto a idéia inicial de Wolfman cresceu é que essa trama baseada em um traidor (assim como o envolvimento do Vigilante na investigação), não foi planejada tão recentemente quanto muitos pensam.

Ela já havia sido indicada em Booster Gold #5 (ainda no ano passado), na lousa de trabalho de Rip Hunter (onde muitas vezes são dadas pistas sobre os desfechos de histórias de múltiplos títulos da DC). Curiosamente, a lousa também mencionava a Sociedade Gnu e alguém chamado "Steve".

As frases lidas são:
  • "Quem controla a Sociedade Gnu?"
  • "O Vigilante conhece o traidor. A Liga, NÃO"
  • "Steve está vigiando"
Talvez se trate de Steve Dayton que, além de possuir uma conexão (não totalmente explicada) com a Sociedade Gnu, também tem poderes psíquicos oriundos de seu Elmo de Mento.

Como a nova série Vigilante só começa a ser lançada em Dezembro, desconfio que o grande arco ao qual Wolfman se refere é aquele que promete incluir todos aqueles que já foram Titãs. Um arco, que ao que tudo indica, também será derivado da traição.

Em Janeiro de 2009, a DC realizará um evento chamado "Faces do Mal", onde os vilões do Universo DC ganharão destaque nas capas e nas histórias das publicações da editora, como conseqüência da Crise Final (cujo slogan era "O Mal venceu"). Entre os vilões mencionados, estava o Irmão-Sangue. Além de ser um nome ligado aos Titãs, esse personagem também está bastante relacionado com lavagem cerebral e controle mental.

Expeculações: Será que, assim como os inocentes transformados em homens-bombas, o Titã traidor também será uma vítima de manipulação mental? Com algum tipo de programação mental plantada a muito tempo (transformando-o em um agente adormecido)? Será o Irmão-Sangue quem está por trás de tudo? Ou seria Steve Dayton?

Cavando Mais Fundo

Na recente Teen Titans #63, a personagem Granada tem sido perseguida por agentes governamentais, que temem que ela exponha segredos militares ainda não especificados. Inclusive, eles temiam que ela tivesse compartilhado algum desses segredos com os Novos Titãs.

Em Teen Titans/Outsiders: Secret Files and Origins 2005 e na mini-série DC Special: Cyborg, somos confrontados com o Projeto M, uma agência militar que possui ligações não totalmente explicadas com a Sociedade Gnu (incluindo os bancos de dados e as tecnologias de clonagem dela) e que parece possuir um interesse especial nos Titãs.

Em Booster Gold #8, descobrimos que quando Maxwell Lord era o Rei Negro do Cheque-Mate (que, na época, ainda era uma agência governamental dos E.U.A.), ele tinha conexões com a Sociedade Gnu. Inclusive, foi ele quem seqüestrou Rosabelle Mendez (uma estudante de veterinária da Universidade de Nova York) e a submeteu a experimentos genéticos que transformaram-na em Pantha, vendendo-a em seguida para a Sociedade Gnu, como um protótipo para os híbridos entre humano-animal que eles produziriam.

Expeculações: Seriam indícios de que o governo americano (e/ou uma nova Sociedade Gnu) estaria fechando o cerco ao redor dos Titãs (ou dos jovens meta-humanos em geral)? Steve Dayton estaria envolvido? Ele estaria vigiando os Titãs?

4 comentários:

Tarcísio Aquino disse...

Nossa... Então isso não foi coisa do Winick?

Dayton??? Gar????
Indução mental???

Mento????


Dayton????

Nossa... que coisa,né!

Ed Ferreira disse...

E pra completar, Dayton também tinha aquele envolvimento não esclarecido com a Sociedade Gnu

Rodrigo Broilo disse...

Caraca!!!!
Ed... tu conseguiu revelar (ou elaborar, não tenho certeza...) uma senhora teoria da conspiração...
O "ligador" de pontas soltas ataca novamente!!!
Parabéns mesmo!!!!!
Sou cada vez mais seu fã!!! hehehe

Tarcísio Aquino disse...

E também faz sentido ser o Irmão Sangue.
Mas realmente achei muito interessante seu ponto de vista, Ed.
O Dayton pode mesmo estar envolvido e o lance do Cliff aparecer em Decisions me faz pensar mais ainda sobre isso. Outra coisa que me chamou a atenção foi o que você mesmo disse na nossa comunidade no orkut. Na época do Crimelord, Dayton queria dominar as nações. Faz muito sentido...

Valeu