2 de abr de 2009

SPOILER - Teen Titans #69 / Teen Titans Annual #1

TEEN TITANS #69

Argumento: Sean McKeever
Desenhos: Allan Goldman com Yldiray Cinar
Arte final: Julio Ferreira
Cores: JD Smith
Capa: Eddy Barrows, Ruy José e Rod Reis

São Francisco, Torre Titã:
Eddie está limpando as estátuas na frente da Torre quando surge Miss Marte, e mais todos os sobreviventes do Dark Side Club. Apenas Pristine (que morreu na última luta contra os Titãs do Terror) e Poprocket (que é a nova protegida do Extermiandor) não estão entre os jovens.
Dentro da Torre, na sala de reuniões, Cassie, como líder da equipe, conversa com os jovens heróis, e oferece abrigo e proteção a todos. Cassie ainda cojita na possibilidade de alguns deles entrarem para a equipe futuramente.
Com isso, Zatara fica ofendido, e vai embora. Sapphire também decide sair, assim como Terra e o Son of the Fallen.

Separados do grupo Megan convence que Eddie tem um papel importante na equipe, já que o mesmo estava preocupado em qual seria sua utilidade desde que perdeu seus poderes. Quando indagada por Rose, Miss Marte desconversa... Nesse mesmo momento, a Devastadora observa os dois de um lugar não muito longe, e ao ouvir o que falaram sobre ela, ela vai embora.

Nos corredores da Torre, Static e Aquagirl observam um quadro dos Novos Titãs originais. Static se mostra muito entusiasmado com a equipe, e Lorena revela que pretende pedir para voltar para os Titãs.
Já em outros corredores, Kid Eternidade conversa com Cassie, e confessa a vontade de ser membro efetivo da equipe. Na mesma hora a Moça-Maravilha o aceita na equipe.
Quando os dois entram na sala, eles se deparam com uma briga entre o Hardrock e o Jovem Frankenstein. Cassie e Látex separam os dois, e os grupo então começa a fazer entrevistas com os possíveis futuros membros, mas na verdade, nenhum parecia muito interessado em entrar para o grupo.

Nesse meio tempo, depois de trocar olhares com Static, a Aquagirl recebe uma cantada do The Face, mas bota ele pra correr rapidamente... Static se oferece para ajudar, mas Lorena já tinha resolvido a situação. Entre outros assuntos, Static revela que está sumido por muito tempo, e que sua família deve estar pensando que ele morreu, por isso não gostaria de voltar para casa agora.

The Face tenta cantar Megan, mas leva uma surra de Lorena e sai corrido da Torre. Os outros sobreviventes também vão embora. Só a Aquagirl e Static decidem entrar para a equipe. Uma nova equipe está formada, um novo grupo de Novos Titãs!

Enquanto a equipe comemora a nova formação, fora da Torre, The Face tenta voltar escondido para atacar todos, nesse momento ele que é atacado pelo sistema de segurança da equipe e é assassinado................. Continua no Anual!

TEEN TITANS ANNUAL #1 – Deathtrap: Prelude

Argumento: Sean McKeever
Desenhos: Fernando Dagnino
Arte final: Raul Fernandez
Cores: Rod Reis
Capa: Eddy Barrows, Ruy José & Rod Reis

São Francisco, Torre Titã:
A nova equipe de Titãs está aproveitando o dia, na Torre. Aquagirl e Static estão descansando, cada um da sua maneira, para aliviar as conseqüências da lavagem cerebral feita pelo rei Relógio. Kid Eternidade assume a essência de Marvin, para obter mais informações sobre o que é ser um Titã.

O que os Titãs não sabem é que eles estão sendo vigiados pelo sistema de segurança da Torre Titã. Assim, depois que todos foram identificados pelo sistema, eles são atacados. Aquagirl e Kid Eternidade são os primeiros a serem aprisionados, depois os outros começam a ter sérios problemas. Eddie, sem seus poderes, apela para seu antigo traje de Kid Demônio para ajudar seus companheiros, mas por mais que ele consiga tirar alguns do perigo, logo todos novamente são quase derrotados.

Apenas Static se mantem bem, já que seus dados não constavam no sistema. Quando o jovem percebe que algo de errado acontece na Torre, ele recebe via tele conferência um chamado do Ciborg, dizendo que tudo não passa de um teste para os Titãs. Quando a situação perde do controle, Static tenta ajudar seus amigos e também é aprisionado. Tudo poderia correr bem, mas Cyborg não contava com o dom do rapaz de controlar a eletricidade. Então, o jovem libera uma corrente elétrica que destrói não só o sistema de defesa da Torre Titã, mas também a Torre, e derruba Victor.

Fora do que sobrou da Torre, os Novos Titãs, salvos por Static, decidem partir para Nova Iorque, em busca de respostas.

Epílogo - Nova Iorque:
Gar chega no quartel general dos Titãs e encontra Ciborg quase destruído, porém ainda com vida. Mas logo que Mutano olha para Victor, ele percebe que não o Cyborg que está ali...

Opinião pessoal:

Teen Titans #69
- Incrível! A equipe estava mesmo precisando de novos membros e acredito que McKeever escolheu dois grandes jovens heróis em potencial: Aquagirl e Static. Lorena há muito tempo que merecia um espaço na equipe, e essa edição mostrou sua força e personalidade forte. Static pode trazer novos fãs, devido ao desenho animado, e ainda é um herói com grandes chances de emplacar na equipe, lembro que em um dos episódios do desenho animado do ‘Super Choque’, Batman chega a comentar que um dia ele conheceria os Titãs....
- Os desenhos são um show a parte, Cassie está linda, assim como Rose, Megan e Lorena. Conhecia pouco do trabalho do Allan e achei muito interessante.

Annual #1
- McKeever de parabéns mais uma vez! A edição é toda dinâmica e movimentada, introduz os novos personagens sem esquecer dos antigos. Mostra que a equipe está muito forte e dá uma pista do que está por vir em Deathtrap!
- Claro que no final, e não é segredo para ninguém, percebemos que na verdade Victor estava sendo controlado por Jericó, e provavelmente Gar será o próximo. Espero que no final do arco arrumem uma maneira de trazer o velho e bom Joey de volta para os Titãs adultos, sem sequelas e futuras recaídas.
- Só não entendi o motivo de ser Annual #1, já que esse novo título já recebeu um anual.

4 comentários:

Tarcísio Aquino disse...

Ótimo review, Leo. Gostei de ambas as edições, mesmo com as intervenções editoriais. Só estou curioso para saber o que mudaram em TT69 sobre o que o Sean realmente pretendia... Um dia saberemos...

Adorei o holofote em Lorena e Static. Deathtrap será demais!

Leo, é o primeiro anual de 2009, por isso é #01. Sempre foi assim. O outro anual foi #2006 e também foi o #01. Se tivermos um outro anual este ano, será #02 e se tivermos outro ano que vem, será #01.

Vlw.

thiago disse...

É estranho o negócio de Annual #2, hehe. Nem deveria se chamar Annual assim.

Olha, não curti TT69, sei lá, achei meio forçado demais as "estrevistas" e tudo mais, acho que foi aí que passaram a faca e tudo mais.

Mas o Annual foi bem legal, espero que o resto se mantenha no nível...mas vai saber o que a faca dos editores vão picotar daqui pra frente.

Anônimo disse...

Eu estou de acordo com Kid Leo,esse deberia ser o anual numero 02, acho que foi um erro da Dc ou oportunismo barato, ja que todo mundo sabe que um numero 01 vende mais que um 02.

A DC sempre lançaba um anual por ano (por isso o nome de anual), por exemplo, en 1982 saiu o anual 01 do New teen titans, com o fin da saga da Starfire em Tamaran, lembran? o 02 foi a apresentaçao do Vigilante em 1983, o 03 de 1984 foi o fin de Contrato de Judas e por ai vai ate o anual 11 em 1995.

Continuando con exemplos, ano pasado saiu o anual #11 de Action Comics, e nao teve outros 10 anuais en 2008, o anual #10 e de 2007.

E se sair outro anual de Teen Titans en 2009 alem de ser o numero 02 acho que eles deberian trocar o nome do comics pra "Semestral".

Ed Ferreira disse...

No geral, eu gostei de ambas as edições, mas se tem uma coisa que eu definitivamente não vou sentir falta depois que o McKeever sair do título, será a caracterização que ele faz do Besouro Azul.