12 de mai de 2009

Bryan Q. Miller fala sobre os Novos Titãs

Bryan Q. Miller - quem introduziu a Zatanna no seriado Smallville - estará no argumento de três edições de Teen Titans e, em breve, assumirá o título regular da nova Batgirl. O site CBRNews o entrevistou.

Abaixo, você confere a tradução e adaptação livre das questões referentes aos Titãs.

CBR: Você é fã há bastante tempo desta fase dos Novos Titãs?

Bryan Q. Miller: Tenho lido o título, assiduamente, desde 2003 ou 2004, eu acho.

Você tem algum personagem ou arco favoritos nesta equipe?

Ter um personagem favorito é um pouco complicado, mas amo Robin e Jaime. Estou muito feliz de que o Besouro Azul se juntou ao grupo. Posso dizer também que o estilo "malhação" que corre em minhas veias adoraria ver o triângulo amoroso Tim/Cassie/Connor agora que o último retornou.

Sobre arcos favoritos. Sempre fui fã de "Titãs do Amanhã", assim como "Um ano depois". Mas o que mais gostei foi o crossover entre os Renegados e os Novos Titãs, quando a Índigo se revela uma traidora.

O que pode nos dizer sobre a estória que irá nos contar no título?

Sem estragar as surpresas, como todos adolescentes, os Titãs vão procurar ter uma noite divertida na cidade de São Francisco. Entretanto, eles têm que saber o que desejam. Será uma estória em três partes, onde veremos um grande fato que ocorrerá para o grupo, assim como algumas mudanças.

Vocês poderão notar, na primeira página do arco, algo que eu e os editores decidimos plantar. Mas se vai ocorrer mesmo, não saberemos.

Nas solicitações da edição #73, podemos ver a Moça-Maravilha em problemas. Qual a graça ao escrevê-la?

Cassie precisa desesperadamente se encontrar. Ela é uma jovem mulher que se enxerga através dos relacionamentos que fez durante sua vida. Agora ela quer se definir, sem saber como. E veremos um pouco disso neste arco.

Você também está introduzindo um novo Quinteto Mortal. Quem fará parte do grupo?

Três deles vocês já conhecem. Cintila e Soturna já podem serem vistas na capa da edição #72. Outro é parente de uma delas e teremos novos dois personagens.

O que faz do Quinteto Mortal um oponente páreo para os Novos Titãs?

Resumindo, os Titãs sempre se preocupam com os fatos que acontecem. O Quinteto, não. Eles são comparados àqueles jovens, na escola, que roubam o lanche dos bons alunos, etc.

E o que pode nos dizer sobre a arte de Joe Bennett e Jack Jadson?

Incrível. A arte-final de Jack é impressionante. Joe, por sua vez, está me deixando de queixo-caído. Sei que este é o primeiro quadrinho que escrevo, mas eu conheço muito da indústria. E a arte sempre foi muito importante para mim, então, mesmo que não fosse Joe o artista, eu acho que ele seria o principal indicado.

Outros projetos para a DC, no futuro?

Batgirl!

2 comentários:

thiago disse...

Olha, sei não! Não gosto desses escritores de TV que acabam caindo de bunda no mundo dos quadrinhos. A linguagem é diferente, nem sempre (quase nunca) eles caem no ambiente deles (como um escritor de uma série policial em um gibi policial, por exemplo) sem falar que essa rapaziada é sempre "muito ocupada" pra se dedicar a mais algum projeto no mundo dos gibis de uma maneira convincente.

Preferia que a DC investisse em escritor que ainda não trabalhar na editora. Tem tanta gente boa em gibis menos mainstream por aí. Além de dar chance pra gente que já faz trabalho interessante na mesma mídia poderia dar novos palpites pra editora.

Ah, mas como ele só fica nesse tapa buraco em TT mesmo, e, no fim, vai ficar escrevendo Batgirl não que eu me importe. (que sacanagem, o cara escreve Smallville...deve é tá precisando de emprego mesmo.)

vitor costa disse...

po tambem nao gosto desses roteristas de tv que vao para quadrinho,sei nao ficam meio novela
sobre esse arco que o bryan vai escreve acho que vai ser fraquinho
tomara que nao