15 de mar de 2011

Lanterna Verde G'nort - G'nort Esplanade G'neesmache

G'nort Esplanade G'neesmache é um alienígena de uma raça que se parece com cachorros, nativo do planeta G'Newt. Atrapalhado, dono de uma inteligência que não é uma das melhores do universo, incompetente e inconveniente, só ingressou na Tropa dos Lanternas Verdes apenas porque seu tio G'Newman G'noggs era um grande influente e deu um jeito dele ingressar-se no grupo depois de um papo com os Guardiões do universo, pois mesmo sabendo que seu sobrinho era um idiota completo, queria dar um futuro a ele.

Porém, na verdade, o tio de G'nort contatou os Poglachians, uma raça de alienígenas parecidos com palhaços que, disfarçados como Guardiões, queriam desacreditar e inutilizar a eficácia da Tropa dos Lanternas Verdes.

G'nort, por sua vez, acreditou ser, realmente, um Lanterna, ganhando como arqui-inimgo, o Esquiador Escarlate, o arauto do temido Mr Nebula, o decorador de mundo.

G'nort encontrou a Liga da Justiça Internacional pela primeira vez em Orinda, planeta natal do Caçadores Cósmicos. G’nort acabou caindo no planeta, que estava camuflado, sem querer, enquanto voava pelo espaço.A Liga da Justiça, incluindo os Lanternas Verdes Hal Jordan, Arisia e Katma Tui, estavam ali para confrontarem os Caçadores Cósmicos, que estavam ameaçando a Terra durante o evento conhecido como Milênio. Embora Superman tenha ficado impressionado com as habilidades de G'nort, Hal Jordan disse ao Homem-de-Aço que G'nort era um idiota atrapalhado. Depois de derrotar os Caçadores, a LJI rapidamente teve que abandonar Orinda, deixando G'nort no espaço.

Indo para a Terra, ele encontrou e atacou a nave de Manga Khan, o que salvou a Terra de um ataque. Assim, decidiu passar algum tempo com a Liga, visitando a equipe repetidamente, sem se importar se gostavam ou não. Na Terra, o Esquiador Escarlate e G’Nort se tornaram amigos.

G'nort também fez parte da Liga da Justiça Antártida junto a Esquiador Escarlate e membros da Liga da Injustiça. A equipe foi criada por Max Lord, acreditando que isso os manteria afastados de confusão e, principalmente, dele. A equipe acabou por enfrentar uma horda de pinguins-piranhas híbridos e assassinos. Durante a luta, a base foi destruída por um terremoto. Após serem resgatados pela Liga da Justiça, foram despedidos.

Com a ajuda de Guy, G'nort e a Tropa dos Poglachians perderam os poderes. Guy Gardner ficou impressionado com tais ações heróicas vindas de G'nort e pediu para os Guardiões integrassem-no à Tropa. Os Guardiões riram da sugestão, mas aceitaram a ideia. Após ter sido aceito como membro da nova Tropa dos Lanternas Verdes, foi treinado por Kilowog e passando a ser então um legítimo Lanterna Verde.

Anos mais tarde, G'nort retribuiu o favor de Guy, quando o encontrou no meio do deserto, sem seu anel. G'nort levou Guy até o espaço usando uma nave em forma de hidrante. O objetivo de Gardner era possuir o anel amarelo de Sinestro.

Quando Hal Jordan foi possuído por Parallax e destruiu a Bateria Energética de Oa, G'nort teve seu anel destruído e acabou entrando para os Darkstars. Ele ainda continuou usando seu uniforme de Darkstar muito tempo depois do fim da organização, até quando ele foi capturado por Manga Khan, que tentou negociá-lo com Maxwell Lord, em troca de L-Ron.

Posteriormente, G´nort foi ao Warriors, bar temático de Gardner, pedindo que Guy Gardner fosse o mediador em um tratado que poderia amenizar a guerra entre Rann e Thanagar. O atrapalhado G'nort aparece um pouco mais sério, já que sofreu com a destruição de seu mundo natal durante a Guerra Rann/Thanagar.

Durante a Guerra dos Anéis ele foi dado como “presumidamente morto”.

Nenhum comentário: