5 de mar de 2011

Oráculo - Bárbara Gordon

Tempos atrás, o Comissário Jim Gordon adotou sua sobrinha, Bárbara Gordon, após a morte de seu irmão alcoólatra. Bárbara passou a admirar seu tio, interessando-se pela carreira de detetive, praticando judô e exercícios físicos. Assim, a jovem garota manufaturou um uniforme em homenagem ao herói que admirava, o Batman, tornando-se a Batgirl.

Inicialmente, Batman não aprovou a nova heroína, mas a persistência da garota convenceu-o a treiná-la. Anos depois, sua carreira foi tragicamente interrompida quando o Coringa disparou uma arma em sua coluna dorsal.

Condenada a uma cadeira de rodas por toda a vida, Bárbara não permitiu que isso a derrotasse. Usando um computador, ela criou uma vasta rede de informações por todo o globo, tornando-se a misteriosa hacker conhecida como Oráculo. Ela se tornou a principal aliada de qualquer super-herói, incluindo Batman, Liga da Justiça e sua melhor amiga, Canário Negro.

Em seus tempos de Batgirl, Bárbara sentiu-se atraída por Robin. Antes de se relacionarem, Dick Grayson apaixonou-se pela alienígena Estelar, que também era sua colega nos Titãs. Entretanto, alguns anos depois, Dick deixou os Titãs e rompeu o namoro com Estelar, tornando-se o vigilante de Blüdhaven.

Quando Gotham estava isolada do restante dos EUA, tornando-se uma terra de ninguém, Asa Noturna foi enviado à Prisão Blackgate. Exausto e ferido durante a prisão, Dick aproximou-se ainda mais de Bárbara e expressou seus sentimentos. Assim, os dois iniciaram um intenso relacionamento amoroso.

Entretanto, o relacionamento começou a ser prejudicado pela diferença de metas entre os dois. Bárbara acreditava que seu romance com Dick era baseado na visão que ele tinha dela anos atrás. Assim, ela acreditou ser melhor romper o relacionamento, deixando a ambos inconsoláveis.

Após quase ter morrido em Crise Infinita, Asa Noturna propôs casamento à Bárbara Gordon, que inicialmente aceitou a proposta, mas após refletir um pouco, acabou recusando, insistindo que Dick viajasse o mundo e vivesse sua vida.

Nenhum comentário: