22 de abr de 2012

Exclusiva - Ig Guara fala sobre seu trabalho e Titãs


O desenhista mineiro Ig Guara continua solidificando sua carreira, graças aos seus trabalhos consecutivos dentro do mainstream da indústria americana de quadrinhos. Contratado pela DC Comics, nesta nova fase "New 52", o artista vem desenvolvendo um grande trabalho em BLUE BEETLE. Entretanto, será um dos artistas no Crossover "The Culling", entre as revistas de TEEN TITANS, SUPERBOY, LEGION LOST e TEEN TITANS ANNUAL. Na verdade, ele está trabalhando em TEEN TITANS #08 E #09 (o início e a conclusão do arco). Em nossa primeira entrevista, durante o FIQ, o artista falou sobre seu início de carreira e alguns de seus trabalhos, porém, abaixo, Ig fala sobre a atual fase de sua carreira. Confiram:

MDC: Ig, em nossa primeira entrevista, você afirmou que os editores de BLUE BEETLE lhe proporcionam uma grande liberdade artística. Notamos realmente que Brenda e La Dama obtiveram uma caracterização mais moderna, mas sem perder as características pré-Flashpoint. Hoje, depois de alguns meses, pode nos dizer como está sua "relação" com tais editores e, principalmente, com os personagens do título?

Ig Guara: Em relaçãoo ao BLUE BEETLE, a liberdade continua, afinal eu e o Tony começamos de novo. Então, são meio que nossos filhos. posso dizer que hoje em dia estou ainda mais confortável com tais personagens, quase como se fosse velhos amigos reais. E, é claro, o truque, cada um dos personagens tem algo de mim ou de amigos meus. =]

MDC: Então, você busca referências e caracterizações em seus parentes ou amigos? Interessante...

IG: Sim, tudo para tentar deixar os personagens mais críveis, pelo menos de minha parte, a visual. Cada personagen tem seu próprio jeito de se vestir; arrumar o cabelo; andar; as coisas que podemos ver em seus quartos; esse tipo de coisa... O resto da caracterização não está em minhas mãos, e, sim, na do Tony. =]

MDC: [Risos] Isto somente fortalece seu estilo, que é incrivelmente dinâmico e expressivo, o que cai muito bem à narrativa do título do Besouro. Recentemente, você disse que adoraria desenhar outros personagens como Mulher Gato e os Novos Titãs. Seu desejo foi realizado, uma vez que estará trabalhando em conjunto com outros artistas no arco "The Culling". Como se deu o convite para tal trabalho?

IG: O desenhista regular da revista - Brett Booth - foi chamado pra fazer TEEN TITANS ANNUAL. Assim, precisaram de alguém para substituí-lo. Bob Harras e Eddie Berganza felizmente lembraram-se de mim e do meu trabalho com personagens jovens.

MDC: Fizeram uma escolha óbvia! Muitos artistas referem preferência em desenhar personagens solos, enquanto outros adoram trabalhar com grupos complexos de personagens, como os Novos Titãs por exemplo. Qual sua opinião sobre isso?

IG: A diferença realmente é brutal. Grupos dão muito mais trabalho, e é mais dificil carcterizar os personagens. Porém, por outro lado, você tem uma maior variedade pra desenhar. Bom, eu não tenho preferências, gosto mesmo é de trabalhar!

MDC: Você também já confidenciou ser fã dos Titãs, como quase todo leitor da DC. Há alguma influência sobre isto em relação a seu trabalho em "The Culling"?

IG: claro, fiquei muito feliz de ser convidado! Exatamente por ser fã, estou dando 120% de meu potencial.

MDC: Como está sendo sua relação com o roteirista Scott Lobdell? Há a probabilidade de trabalhar com ele em um futuro próximo?

IG: Acho que a melhor palavra para definir o Lobdell é "Empolgação" [Risos]. Não sei do futuro, ideias estão aí, mas nada certo ainda. A DC ainda está em um momento de consolidação do novo universo.

MDC: Ok, Falando sobre o crossover, há algo que o surpreendeu em relação ao que conhece e ao que está percebendo no novo UDC?

IG: O que mais espantou-me foi o quanto essas histórias estão mais interligadas do que pareceram ao início.

MDC: Então você acha que se trata de um mega evento? Acredita que isto será duradouro, mesmo com a personagem Pandora servir como "ponto de ignição" para uma nova alteração cronológica?

IG: Acho que eles querem que seja algo duradouro, sim... Mas, só o tempo dirá, afinal houveram erros e acertos.

MDC: Sim, como toda crise, o jeito é esperar! Há algum personagem favorito, nesta nova fase?

IG: No UDC, em geral, seriam o Swamp Thin e Animal Man, e, é claro, o Besouro. Acho que ele está sendo muito injustiçado, pois eu e Tony estamos tentando fazer algo diferente, e acho que com muito potencial. Mas as pessoas parecem ter um certo preconceito, muitos reclamam que não é o Ted [Kord], outros que é muito parecido com a vesão anterior, outros que é muito diferente... Sinto que algumas pessoas simplesmente não estão dando a chance do novo Jaime caminhar por si só. Bom, o mercado é assim...

MDC: Entendo! Particularmente, adorava o Ted, mas curto muito o Jaime. E prefiro que tenha certa semelhança com a caracterização original do personagem. Fosse o contrário, não seria o Jaime, certo?

IG: claro, e a ideia é exatamente essa, semelhante, mas não é igual, não poderiamos contar a mesma história, afinal, é um novo universo!

MDC: Também recentemente você disse que adoraria fazer algo autoral. Com o sucesso iminente, a ideia evoluiu? Com seus quadrinhos sendo vendidos diretamente no formato digital pela DC em celulares, tablets e computadores, você costuma pensar na visualização destes dispositivos também ao fazer sua arte?

IG: Iminente? Acho que ainda falta muito! A ideia sempre existe, mas falta tempo para articular, fazer quadrinhos é um trabalho enorme, que exige dedicação total. Prefiro, no momento, me concentrar na DC mesmo. Costumo pensar nos dispositivos digitais, sim, mas ainda dando prioridade pra revista física.

MDC: Iminente, sim. Está entre os artistas oficiais do New 52! Você tem um perfil no Facebook em que costuma postar artes e futuros projetos. Este tipo de atividade nas redes sociais aumenta a receptividade do seu trabalho? Os editores têm algum problema com esta divulgação online?

IG: Desde que você não poste nada comprometedor, não tem problema. Serve mais como forma de divulgação, afinal, é de meu interesse também que as revistas vendam bem [Risos].

MDC: É um recurso aliado aos artistas, com certeza! Com tamanha exposição, o que mudou na sua vida (pessoal ou virtual)? Com tamanha exposição, o que mudou na sua vida (pessoal ou virtual)?

IG: Mais pedidos de amizade nas redes sociais, mais pedidos de entrevistas [Risos] e, bem menos tempo livre!

MDC: Seguindo a tradição da participação dos brasileiros em várias convenções lá fora, você vai a alguma neste ano? Gostaria de participar e ficar perto dos fãs?

IG: Se o tempo permitir, gostaria muito de ir à NYCC.

MDC: Acho que é o sonho de todo mortal nerd [Risos]. Gostaria de compartilhar algo com seus novos fãs sobre o arco "The Culling"?

IG: Bom, não está sendo um trabalho fácil, mas acho que valerá a pena, principalmente para os leitores, por isso, relaxem e divirtam-se. É pra isso q os quadrinhos servem!

MDC: Obrigado pelo seu tempo, Ig!

IG: Obrigado a vocês, pela oportunidade! =]

4 comentários:

Bongop disse...

Gostei do traço dele! Está a fazer um bom trabalho, mas penso que o Besouro "não pegou" nos EUA...
:/

Abraço

Venerável Victor disse...

Esse mineiro tem uma arte que é TNVDUP (os bons sabem o que significa) mas mesmo para os que não sabem, é algo muito bom! Vai ser espetacular ter os roteiros de Lobdel com os desenhos dela no #8 e #9, mal posso esperar. (não que não curta o BB, curto também) mas quero ver esses novos uniformes e personagens no traço dele. Quanto ao Besouro ...bom, fã é FODA... o Ted Kord era ótimo, mas poxa vida, se a gente ficar preso nesses carinhas que não fazem sexo, o Superman teria cueca pra cima da calça até hoje...falam de querer diversidade étnica, mas preferem o Garth ao novo Aqualad...o Ted ao Jaime. putz...vou parar por aí. Ótima entrevista!

Pedro Henrique Leal disse...

O terceiro Besouro foi o melhor besouro! O Ted foi legal? foi, mas esse pessoal que se recusa a aceitar mudanças é um porre... (se bem que nada pior que esse povinho reclamando do Matt Smith em Doctor Who... o ator mudou 11 vezes, mas os fanboys do Tennant não aceitam que acabaram os anos do 10º)...

LÉO CEZIMBRA disse...

não curti muito.. desculpa a sinceridade