1 de mai de 2012

Titãs e o sucesso de New 52

O texto abaixo contém SPOILERS!

Mesmo com muitos reclamando — uns com razão, outros apenas por birra –, o reboot da DC, chamado de The New 52 (TN52), foi um sucesso absoluto. A nova série de revistas fez com que a DC dominasse mais da metade do mercado de HQs americanas sozinha durante alguns meses. Entretanto, desde outubro de 2011, ela perdeu força, fazendo com que a Marvel ultrapassasse a Distinta Concorrência. Porém, o The New 52 continua um sucesso. A Marvel esteve à frente nas vendas em apenas 1%, e das 10 HQs mais vendidas de dezembro de 2011, oito foram da DC, enquanto a Casa das Ideias ficou com duas posições.

Os Titãs originais reforçando a união do grupo em JLA vs TITANS #03 [2000]

Por enquanto, TN52 ainda tem gás, especialmente com as edições de JUSTICE LEAGUE, BATMAN, GREEN LANTERN e ACTION COMICS. Mas o fato de uma segunda tentativa de títulos serem lançados em Maio e, uma possível terceira leva muito em breve, põe em cheque a duração deste sucesso.

Naturalmente, a Editora tem alguns trunfos para reverter alguns erros, como os já citados Wally West e Pandora. Em toda sua história, a DC tentou reorganizar sua cronologia através de megassagas cósmicas, como Crise nas Infinitas Terras, Zero Hora, Crise Infinita, Crise Final e agora, com Ponto de Ignição. Com todas as mudanças propostas por cada uma destas sagas, muito continuou mais do mesmo, sugerindo que em alguns dez ou vinte anos, a casa terá toda sua história mesclada (sucesso antigo + sucesso contemporâneo).

Roy Harper tenta fazer com que Estelar se lembre de amigos como Dick, Lilith, Garth, Gar e Vic
                                       em RED HOOD AND THE OUTLAWS #01 [2011].
Em relação aos Titãs, pode-se supor que veremos mais dos Titãs clássicos tornando-se vilões que tentarão destruir a equipe atual. Isto poderá separar os Titãs originais do novo universo e legitimar a incoerência editorial já comentada neste blog. De certa forma, esta estratégia poderá ser uma forma de destruir o significado de tais personagens para os fãs mais recentes, que jamais retornarão às estórias clássicas para conhecer mais do grupo. Ou seja, oficializar a tentativa de "renegar" a cronologia dos Titãs e substitui-la pela da Justiça Jovem, o que vem sendo feito com grande sucesso (vide a animação YOUNG JUSTICE).


Ao observar a Marvel, mesmo com alguma bagunça inevitável na cronologia editorial, pode-se perceber que os X-Men de [Chris] Claremont não se tornaram monstros ou tiveram sua história apagada. Muito menos os X-Men dos anos 70-80. Kitty Pryde continua sendo Kitty Pryde, por exemplo. Evita-se alterações drásticas para impedir a descaracterização de personagens, como já dito por Millar


De volta à DC, a única razão pela qual Dick [Grayson] continua sendo idolatrado pelos fãs mirins se deve ao simples fato dele estar intimamente integrado ao universo do Batman. A Atual revista, não tem nada a ver com Dick ter sido líder dos Titãs. O mesmo é dito pelo Exterminador e pelo Cyborg (na Liga). Personagens como Donna Troy e Wally West desapareceram da cronologia. Há quem aposte que ambos se tornarão a chave para o reboot do reboot.

Red Robin cita os Titãs como um grupo de existência prévia em TEEN TITANS #02 [2011].


Situações embaraçosas até mesmo surgiram entre fãs antigos e atuais do grupo. Há aqueles que fazem birra para ter seu personagem de volta ao mesmo tempo em que outros esperneam para não terem que acompanhar algo do passado. Acredito que se mantivessem um pouco da história do grupo, pelo menos as partes essenciais, não haveria tamanho desgaste dos fãs. Se você que está lendo isso acha uma bobagem, então não reconhece a importância de acompanhar toda uma diversão única ao longo dos anos. 


As estórias antigas estavam cansativas? Com certeza! Mas, não seria necessário tanta alteração. Muitos personagens foram descaracterizados ao ponto de não serem mais os mesmos. São situações que nem precisam ser exemplificadas. Pode-se notar também que muitos Titãs ainda darão as caras após o atual Crossover (The Culling) e o lançamento da nova revista RAVAGERS. Se puderem se lembrar, Lilith substituiu Ravena em tal arco para que esta possa voltar (como uma vilã, provavelmente) em TRINITY.

Infelizmente, o sucesso do novo UDC trará danos irreversíveis aos Titãs, como explicados acima.

Red Robin parece citar o nome "Titãs" pela primeira vez em TEEN TITANS #04 [2011].

E pensar que o termo "LEGADO" era algo respeitado pela DC...

Recentemente, foi lançada a pesquisa abaixo para uma análise do que os fãs vêm achando do TN52. Eis o resultado "mano-a-mano".



Obs.: Este texto reflete a opinião do autor e não do coletivo do blog.

39 comentários:

Tarcísio Aquino disse...

Lembrando que esta é uma opinião minha e cheia de especulações...

E vamos aos "mimimis"... ehhehe

Venerável Victor disse...

Eu acho o reboot um sucesso, tem erros sim, mas graças a Deus todo aquele peso do passado foi abandonado em grande parte, atrasava de muita gente entrar na cronologia.Os títulos de Terror da DC ganharam destaque assim como personagens obscuros antes esquecidos, temos Geoff Johns e Liefeld a frente de títulos (isso é o ruím para mim) Ótimo texto o seu Tarcísio.

Tarcísio Aquino disse...

Obrigado, Victor!

Também acho ruim o Johns e o Liefeld à frente. Eu acho que os títulos que são bons, são aqueles que têm muito de sua cronologia respeitada ou aqueles que mesclaram-se ao uDC, como Stormwatch. Aquaman, Green Lantern, Animal Man são exemplos da cronologia coerente e. por isso, um sucesso... Acho que logo muita coisa irá mudar, principalmente pela "falta de comunicação" entre editores-editores e editores-autores...

João Roberto da Costa disse...

Bom. O Reboot foi uma grande jogada editorial que deu certo.

O título que mais me agradou foi o Action Comics do Morrison.

Só acho que a DC tem que saber dosar as coisas para não estragar o trabalho que foi soerguido.

Caso contrário daqui a pouco vai surgir o reboot do reboot.

Valery Cats disse...

"vamos aos 'mimimis'"
Esse blog é feito de mimimis!!!

Na boa, achei esse artigo um tanto tendencioso.
Pra começar, este artigo é uma grande ressalva, tentando colocar azeitonas na empada alheia... New 52 é um sucesso. ponto.
Dizer que em tal mês a concorrência vendeu mais, que erros foram cometidos e que existem incoerências não desmerece em nada a iniciativa.
Antes do reboot as vendas estavam em queda, erros eram frequentes e incoerências já existiam... ou seja, mesmo que todos esses problemas continuem existindo após o reboot, o sucesso de critica e vendas é o mais forte indício de que o risco valeu a pena.

E pelo que já pude perceber no discurso recorrente por aqui, se Titãs estivessem tendo o mesmo destaque que Liga, Lanternas ou Batman este artigo nem existiria.
Ou então se um título dedicado aos Titãs originais tivesse sido incluído na próxima lista de lançamentos esta não seria chamada de "uma segunda tentativa" e nem questionaria a "duração do sucesso", mas sim estaríamos vendo um artigo de celebração.

Apesar de ser uma leitora relativamente novata já tive a oportunidade de ler a série completa da Editora Abril (e ter aquele monte de papel amarelo empoeirado fudendo com a minha rinite), posso afirmar que se Asa Noturna, Cyborg e Exterminador foram escolhidos para continuar tendo destaque no novo UDC é porque foram os melhores frutos da série dos Titãs dos anos 80 e 90... o resto, me desculpem, não vale a pena.

E como o próprio artigo afirma através das ilustrações postadas, várias pistas já foram dadas de que existiram outras equipes de Titãs antes da atual, logo, não vejo motivos para tanto estardalhaço.

Eu nem era nascida quando a primeira Crise aconteceu e hoje baixo praticamente todos os títulos da DC.
Minha sobrinha de 4 anos de idade adora personagens que foram criados há mais de 60 anos sem ter lido uma única edição destes (mesmo porque ela nem sabe ler).
E tem gente que não para de lamentar pela falta de Donna, Wally ou Lilith!
Esse clima de renovação é o grande trunfo da DC para a nova geração.
Não sejam mesquinhos, ou vocês relaxam e curtem o que tá rolando, ou é melhor procurar um novo hobbie!

Venerável Victor disse...

Valery...você que é mulher de verdade, que bom que você apareceu em nossas vidas, pode e deve sentar o verbo nesses mlks...por favor.

Valery Cats disse...

Venerável Victor
Valery Cats cutucou você.
=*

Tarcísio Aquino disse...

"vamos aos 'mimimis'"
Esse blog é feito de mimimis!!!


E não é?! :)

Na boa, achei esse artigo um tanto tendencioso.
Na boa, como disse antes, é uma opinião pessoal e cheia de especulações. Claro que baseadas em fatos!



Pra começar, este artigo é uma grande ressalva, tentando colocar azeitonas na empada alheia... New 52 é um sucesso. ponto.

Como dito no primeiro parágrafo do texto (não considero um artigo, embora tenha colocado o marcador)! O Reboot é um sucesso e ponto!


Dizer que em tal mês a concorrência vendeu mais, que erros foram cometidos e que existem incoerências não desmerece em nada a iniciativa.

De forma alguma, apenas demonstrei uma estatística! Jamais questionei o reboot em si, como repetidamente dito no "artigo". Meu questionamento se refere aos Titãs.


Antes do reboot as vendas estavam em queda, erros eram frequentes e incoerências já existiam... ou seja, mesmo que todos esses problemas continuem existindo após o reboot, o sucesso de critica e vendas é o mais forte indício de que o risco valeu a pena.

Não temos dúvidas disso. E possivelmente vão utilizar da mesma fórmula em alguns anos... Para corrigir alguns erros já em seu nascimento! Aliás, há um artigo que li no Terra Zero sobre o Wally West, que demonstra muito bem esta questão e o quão é importante personagens como Wally e Donna. Tão importantes que seria mesmo injusto adicioná-los ano novo UDC.

Tarcísio Aquino disse...

E pelo que já pude perceber no discurso recorrente por aqui, se Titãs estivessem tendo o mesmo destaque que Liga, Lanternas ou Batman este artigo nem existiria.
Ou então se um título dedicado aos Titãs originais tivesse sido incluído na próxima lista de lançamentos esta não seria chamada de "uma segunda tentativa" e nem questionaria a "duração do sucesso", mas sim estaríamos vendo um artigo de celebração.


Exatamente o oposto! TEEN TITANS está longe da margem de risco (nesta margem se inclui BLUE BEETLE, por exemplo). Acho que não preciso postar tal estatística. Temos o Google! O título vem sendo um sucesso e não corre riso, no momento, de ser cancelado. Só achei desnecessário transcrever TODOS os títulos que vem sendo um sucesso, como ANIMAL MAN e AQUAMAN, por exemplo. E, claro, se houvesse um título com os Titãs originais (sem respeitar sua história) teria sido motivo de críticas de minha parte, sim!

Apesar de ser uma leitora relativamente novata já tive a oportunidade de ler a série completa da Editora Abril (e ter aquele monte de papel amarelo empoeirado fudendo com a minha rinite), posso afirmar que se Asa Noturna, Cyborg e Exterminador foram escolhidos para continuar tendo destaque no novo UDC é porque foram os melhores frutos da série dos Titãs dos anos 80 e 90... o resto, me desculpem, não vale a pena.

Ah, valem, sim! Esta é uma opinião sua! Desculpe!

E como o próprio artigo afirma através das ilustrações postadas, várias pistas já foram dadas de que existiram outras equipes de Titãs antes da atual, logo, não vejo motivos para tanto estardalhaço.

Acredito que você não entendeu o propósito das imagens. Elas denotam a verdadeira incoerência dos editores em relação aos Titãs. Inicialmente, Lobdell trabalhou com a ideia de um grupo prévio (como se vê em TT#02 e RHO#01). Dias após, seus editores foram categóricos no argumento de que NENHUM grupo de Titãs existiu antes deste atual. Por isso Tim diz que: "Pensei algo como Novos Titãs!". E que X'Hal ouça você, Valery, pois ainda nos deixa uma esperança disso ser corrigido num futuro. E o fato de Kory e Roy terem estado ao lado de Dick não quer dizer muito, infelizmente...

Eu nem era nascida quando a primeira Crise aconteceu e hoje baixo praticamente todos os títulos da DC.
Minha sobrinha de 4 anos de idade adora personagens que foram criados há mais de 60 anos sem ter lido uma única edição destes (mesmo porque ela nem sabe ler).
E tem gente que não para de lamentar pela falta de Donna, Wally ou Lilith!


Acredito que temos o mesmo direito em sermos saudosos em relação à sua sobrinha de não achar necessário (mesmo sem saber ler) recorrer ao passado.

Esse clima de renovação é o grande trunfo da DC para a nova geração.
Não sejam mesquinhos, ou vocês relaxam e curtem o que tá rolando, ou é melhor procurar um novo hobbie!


Concordo com você! Um clima de renovação faltava no antigo UDC... Não de determinadas descaracterizações! Não SOU mesquinho... Só não ESTOU curtindo a atual fase, por isso parei de ler. Mas o hobby de manter este blog é muito prazeroso! Não desistirei dele tão fácil assim...

Obrigado por comentar!

Valery Cats disse...

Quando o Brasil ganhou a copa de 2002, estavamos todos euforicos, comemorando feito loucos lá em casa...
Meu avô não parava de repetir "essa seleção ganhou jogando mal, porque bom mesmo era na copa de 70, porque naquele tempo tinha Pelé, Rivelino, Tostão, blablabla..."
Aquilo foi me irritando de uma forma que acabei mandando meu avô tomar no cu!
Claro que me colocaram de castigo, mas não pedi desculpas, nem voltei atrás, porque por melhor que possa ter sido o passado eu não estava lá, tenho que me virar com o que temos no presente!

Desculpe-me Tarcisio, já disse que seu blog é ótimo, no que diz respeito ao material histórico, mas quando se refere a nóticias dos Titãs atuais, tem sempre um tom negativo.

Quando eu era pequena me ensinaram que eu tinha que respeitar os mais velhos, mas eu sempre achei que os mais velhos deveriam nos respeitar também.

Desculpa aí se nasci em 1990 e perdi os dias de glória dos Novos Titãs, mas esses dias acabaram... e se você pretende ficar esperando por mais 20 anos até o próximo reboot, é bom esperar sentado pra não cansar.

Achei que esse blog tivesse a intenção de ser mais imparcial e jornalistico, como é o Multiverso DC... mas isso daqui parece mais o Muro das Lamentações das viuvas de Wally!

Valery Cats disse...

Lembrando que o comentário acima reflete uma opinião minha.
=P

Tarcísio Aquino disse...

Não tem do que se desculpar, Valery. Pelo contrário... Esta é sua opinião. Não foi você mesma quem me disse que se não houver discussão, não se chega a lugar nenhum?

Pois é... Postei algo que valha minha opinião. O Léo, por exemplo, que é um colaborador do blog, tem uma opinião contrária à minha! O texto não refletiu a opinião dos outros.

Somos "tios", sim... Mas fazer o que, né? Os trinta chegam a todos. lol

Numa coisa você é certa! Deveríamos adotar o tom jornalístico, como era antes. Eu e o Rogério estamos trabalhando numa padronização das publicações. Em breve teremos mudanças...

Olha, não vou me cansar de esperar, não. Sempre há esperanças... mas enquanto isso vou continuar estudando, me divertindo, lendo meus livros, assistindo às minhas séries, lendo Aquaman, Stormwatch, Animal Man... Relendo minha coleção de Titãs, etc.

Saindo, tomando minha breja, trabalhando, salvando vidas, brigando com minha irmã e, principalmente, trabalhando devagar num projeto que quero muito realizar, né, Garrit?

Enfim, é isso...

Mas um conselho também deve lhe servir... Opiniões enfáticas são sempre bem vindas. Até mesmo adoraria tê-la como colaboradora no blog (pense nisso). Mas não pense que uma opinião valha mais que a dos outros... Somos únicos, o que me agrada, não lhe agrada ou vice-versa... Mas tenho certeza de que possamos a conviver de uma forma harmoniosa e divertida...

Desculpe a sinceridade e continue sempre bem vinda!

Venerável Victor disse...

"Do jeito que vocês discordam...vai dar namoro..."
Mas eu concordo com Valery, que tal o blog se chamar: "TORRE TITÃ da década de 80" ??????

Beato disse...

"Torre titã da década de 80" pessoal, felizmente estou acostumado a trabalhar com garotos com necessidades especiais e uma coisa que vejo neles em comum com os seres humanos "normais" é que a teimosia não faz andarmos em nenhuma direção, vamos prestar atenção em algumas posições, existem algumas pessoas, que assim quando eu comecei achava que sabia tudo e que sou o melhor, mas precisamos entender alguns aspectos:
-social: as hqs em especial os titãs foram e sempre serão os melhores porque???? São jovens como a maioria de nós quando começa a ler, acompanha as revoltas atitudes e acontecimentos que estão a nossa volta e interagem fazendo com que nos sintamos parte do que realmente acontece e não nos deixava de fora, mas este contesto está furado hoje;
-economico: tinhamos que guardar toda moeda vender nossas coleções de selos, pedras, tampinhas, moedas, e afins, para que consigamos comprar nossas revistas e mesmo assim a economia não permitia que fizesse isso e o que valia num dia na outra semana estava o dobro então davmos mais valor e amor no que estava em nossas mão;
-sentimental: agora unimos esses aspectos com mais a união de tudo que sentiamos ao ler, e nossos corações são tomados pela mais bela e pura magia de que era o amor pelos titãs.
Mas com o passar do tempo estamos nos desgastando, pois já vimos Grandes crises, recrises, zerados, e agora reboot, que não deixa de ser as mesmas coisas é uma formula que a DC usa para renovar (ou) vender mais já que muitas vezes não pensam em nós, mas pensem comigo, o melhor album do Led não é o 4??? Ou do Pink Floyd não é o Dark Side of the Moon??? Ou do Megadeth é o Rust in Peace, temos que ser bem claro, ou melhor, tenho que ser bem claro a fase dos anos 80 foi e sempre ser´[a melhor, mas atenção a tudo que falei antes depende de muitos fatores, a fase atual é legal sim mas devemos ver todos os aspectos, nunca será igual, nemmelhor, mas boa dentro de seu contexto(não sei qual) mas quanto a ser velharia nunca mas sim memória e da qual se não fosse ela o hoje nunca teria existido...

Valery Cats disse...

Sinto muito Victor, não estou disponível... mas se alguém tiver interessado em uma moça doce, meiga e pura tem a minha irmã gêmea, que é igual a mim só que loira e boazinha!

Valeu pela oferta Tarcisio, mas não acho que tenha a mesma qualificação que vocês pra escrever sobre Titãs, sou só a mosca que pousou na sua sopa...
e no momento to trabalhando como revisora em uma editora pra juntar grana e botar o pé na estrada (ainda decidindo entre Canadá e Austrália).

Enfim, só acho essa posição de afirmar que "no meu tempo era melhor" um desrespeito com os mais jovens.
Não é que fosse melhor, mas era o "seu" tempo... daí essa relação afetiva que vocês tem com tudo que vem de lá.

Tenho muitas boas lembranças da minha infância e adolescência, de séries, animações e quadrinhos... a maioria de coisas que já acabaram.
Não me importo que essas coisas jamais voltem, não sou muito de me apegar as coisas, por mim tudo bem se elas forem só lembranças mesmo.

Agra, que projeto secreto é esse Tarcisio?
è sobre Titãs, quadrinhos? adianta alguma coisa pra gente...sou muitoc uriosa!

Tarcísio Aquino disse...

Ah, Vic... Tenho compromisso! Obrigado! rs

Ah, que pena, Valery! Você tem todo o dom jornalístico e imparcial que precisamos... Pense, vai... Viajar para Austráilia ou Canadá não a impede de acessar a internet...

Sempre defendi mesclar as eras... Mas tem gente que acha que não funciona...

Amo minhs infância... Talvez seja por isso que tento manter o "menino" que existe aqui... rs

Ah, projeto secreto só deixa de ser secreto quando lançado, né?!

Boa sorte, Valery!

Valery Cats disse...

Sei que dá pra colaborar com o blog de qualquer parte do mundo, só acho que não domino o assunto Titãs tão bem como vocês aqui da Torre.

Agora, se a oferta fosse pra escrever sobre rock, eu começaria agora mesmo.

Mas sobre o projeto, dá uma dica pelo menos... é relacionado a Titãs?

Tarcísio Aquino disse...

Ah, que pena... Bom, estamos aqui!

Não, não tem nada a ver com Titãs...
Só posso contar isso, tá?! "Hihihih"
;)

Valery Cats disse...

"Hihihih"
Isso foi uma pista... vou já colocar minha roupa de morcego e sair para investigar...

Renegado disse...

Alguém leu Teen Titans Annual #1? Foi muito ruim! Falando sério, tem alguém que gostou daquilo? Quer dizer, estatisticamente, alguém deve ter gostado. Bom, gosto é gosto. Se o pessoal duvida que alguém possa ter gostado, espera o Venerável Victor Vaughan aparecer e dizer que está tudo muito bom, que ele está adorando...

Ufa! O Beast Boy aparentemente só mudou de cor, ainda continua com os mesmos poderes. Já a Omen virou uma aberração, tem as palpebras costuradas que ficam sangrando. Será que o Lobdel não tem senso do ridículo?

E a partir desse crossover The Culling vai ser lançada uma nova revista chamada The Ravagers. Não quero nem ver como vai ser. O cara vem descaracterizando vários personagens a torto e a direito. A Omen é uma espécie de braço direito do Harvest (um vilão que parece mistura de um Alien com uma galinha d'angola), Thunder e Lightning agora são um casal de irmãos (uma loirinha e um negão), Grunge virou um vilão psicótico. Cara, que estrago na cronologia dos titãs!

César Brandão disse...

Tenho que concordar com Valery!!
Eu vivi muito a época tão elogiada do titãs.
Mas já passou...
Ficar sempre metendo o pau no que mudou, pra mim não acrescenta em nada... É encarar a realidade e pronto!

Parabéns Valery pela sua argumentação!!

Nightwing disse...

Hey Valery, I'm glad you are enjoying the current Teen Titans series and its awesome you found your way to comics from the very fun cartoon series.

But I think as a new reader, you lack a deeper understanding of the way things work in the comic industry. When Tar laments the passing of the previous continuity of Teen Titans, you say he is full of "mimimis" and not making way for a "new generation" - your generation. But your generation doesn't own the Titans any more than any other.

Titans fans have lived through reboots, relaunches and ret-cons since the first Crisis, which you've already admitted you are too young to know about. So you lack any historical perspective in this matter. Through the years, there's been some good Titans incarnations and some bad ones. The 2003 Cartoon Network series and Young Justice Cartoon and even Geoff Johns' version played fast and loose with character histories... but Titans fans still like those versions for the most part. It isn't changes or updates that fans are objected to, per se. And I think that's something that you fail to understand.

For many fans, it's the weird "new but not new" nature of the New 52 DC Universe, where many changes are being made on the fly and creating inconsistencies already. We are only a few months in, and there's already "problems" with character histories and back-stories. And many characters have been wildly changed and maybe not for the better... just change for the sake of change.... some longtime favorites are forgotten or ignored... which usually doesn't bode well for characters that have endured for 20 or 30 years. They probably should have started EVERYTHING over again from day one, but they didn't... and the new retelling and going to cause problems. As a new fan, you aren't able to grasp this because you haven't lived through them like we have, as fans for years.

But I guarantee you -- if you are a reader long enough, one or your beloved characters will be rebooted at some point. And that new version will contain something you don't like. And at that point, you will understand where Tar is coming from. And then some new fan will tell you to calm down and roll with it, because "this isn't your Titans, it's mine."

But the Titans shouldn't belong to one generation. As mentioned, the concept has endured for over 40 years, and has thrived most when the creators have built on what came before. So in short: respect what came before, and understand why it's important.

Cavaleiro Errante disse...

Cara meus avós já morreu, nunca xinguei eles, nem passou pela minha cabeça isso, ainda mais por uma seleçãozinha ridícula, coitada da geração 90/2000, um futebol de merda, histórias ruins. Eles não viveram a era de ouro e prata dos quadrinhos, eles ainda defende o que ta ruim RS. Falta educação e histórias de qualidades para essa geração! Falta aceitar que ta muito ruim esses pseudo Novos Titãs, ta sem identidade. Se as histórias fossem de qualidade, eu nem reclamaria a falta de alguns personagens!

Tarcísio Aquino disse...

Fiquei fã do Cavaleiro Errante...

Renegado disse...

Bom, se o site é tendencioso, esses argumentos da Valery Cats são o que? Eles só vêem um lado da questão e omitem vários outros detalhes pra corroborar a opinião dela.

Vamos lá:

- E o Didio que quer se livrar dos titãs desde sempre? Em Crise Infinita ele pretendia matar todos os titãs fundadores porque achava que eles eram supérfluos com a geração chegando, mas voltou atrás porque o lance vazou e os fãs protestaram pela internet.

- Olha o tratamento que os titãs sempre tiveram durante a "Gestão Didio"! Colocam roteiristas medíocres como Winick pra escrever o grupo e desenhistas ruins, aí o negócio não vende e a culpa é dos personagens, que eles não tem carisma.

- Como só Cyborg, Nightwing e Deathstroke valem a pena dos titãs das décadas de 80 e 90? E Wally West que tiha sua revista como uma das mais vendidas, tinha púbico cativo e foi tirado de cena pra colocarem o Bart Allen como Flash e depois o Barry. A DC deve ser doida, não deve gostar de dinheiro, e depois reclama que as vendas iam mal.

- E esse sumiço do Wally pra promover o Barry Allen no New 52? O Wally era e ainda émais popular que o Barry, porque colocar ele na geladeira pra aumentar a popularidade do Barry Allen e usá-lo? E por que não usar os dois ao mesmo tempo? Vamos agradar a gregos e troianos.

- Por que foi preciso apagar a cronologia dos titãs? Por que não fizeram o Reboot e retconizaram algumas coisas em vez de tudo?

- Por que não chamam logo esse grupo de Young Justice? "Ora, o nome Teen Titans é mais popular qe Young Justice." Mas antes do reboot lançaram um desenho animado com o nome de Young Justice, chamar a equipe de Young Justice seria uma mão na roda, aproveitariam o embalo do desenho. Isso é por causa de uma das birras do Didio com o Peter David que escrevia a revista Young Justice.

- O Dan Didio debochava e enchia o saco do Peter David porque Young Justice era uma equipe de garotos, que não tinha nada a ver, aí deixa essa Teen Titans similar demais com a Young Justice. Os personagens foram rejuvenescidos e ficaram na faixa etária de quando estavam na Young Justice e esse desenhista tem o traço muito parecido com o que desenhava a Young Justice. Irônico.

- As revistas estavam ruins antes do reboot, mas e quanto a penca de roteiristas que não volta a escrever pra DC por causa do Didio? Não é só Peter David que não volta pra DC porque é brigado com o Didio, são vários roteiristas. George Perez mesmo se aborreceu e rompeu seu contrato de exclusividade com a DC pelas exigências do Didio nesse reboot.

- Já citei as péssimas decisões editoriais, pois vou mais a fundo. Colocou o Winick pra roteirizar revistas de personagens queridos do público, aí não deslanchou e a culpa é dos personagens. EX: Família Marvel, titãs, Arqueiro Verde e Canário Negro. Colocar o Liefeld pra desenhar a revista Hawk & Dove foi um erro tremendo, todo mundo já dizia que não iria vingar, mas parece que o Didio tem cabeça dura, é teimoso e pensa que está sempre certo e o resto do mundo está errado. Quer fazer o que quer e acabou, o reboot mesmo foi vetado anteriormente e quando o Didio foi promovido e ninguém podia impedir ele de fazer o reboot ele o fez, mesmo várias pessoas dizendo que não ia dar certo. Vejam bem, meu problema não é que aconteceu um reboot, mas esse reboot, o modo como foi feito.

- Tudo bem, se o reboot é um sucesso absoluto, me nomeia 10 revistas das 52 e minisséries que são excelentes. Não vale Vertigo.

- Engraçado é que as revistas que todos acham muito boas mesmo poderiam ter suas histórias no antigo DCU, não precisam necessariamente do reboot para serem contadas. EX: Aquaman, Batman, Swampthing, Animal Man. Olha aí, já dei a colher de chá de citar 4 revistas excelentes, agora voce só precisa citar mais 6.

Agora as pessoas podem ver o outro lado da questão.

Valery Cats disse...

OMG... Nightwing himself is talking to me!!!
And he is an American Idol too!!!
I think i'm gonna faint...

Now seriously... i never told that my generation "owns" the Titans, no generation does.
And I understand how things work, i just don't care that much.

I first met the Titans with the 2003 cartoon, and read DC Comics since that 'Countdown to Infinite Crisis' book, I was 15 at the time, and since then all I care is to have fun and enjoy good stories.

The weird thing is, after all that reboots and retcons you old guys still haven't get used to it?
Believe me, the new universe isn't so difficult (for a new reader) to understand as you say, i think the problem is you guys are still thinking with the 'old universe' mind.
And if 30 years from now, i'm still a DC reader (which i frankly doubt), and they decide to change, kill, reboot, retcon or resomethingelse my favorite character... i would think it's about time for me to move on and keep the good memories.

I never questioned the importance of the Titans for their fans, but i think that what my generation understands more then yours is about closure, everything have an end, if your generation's titans are gone, hold them in your hearts and let them rest in peace.

And now mister NW, put on your black tights and go shake that hot ass over Gotham city!

Valery Cats disse...

Sinto muito pelos seus avós Cavaleiro Errante.
Felizmente o meu está vendendo saúde, e continuamos nos xingando até hoje!

Qanto a seleção de futebol... eu realmente não me importo mais!
=P

Valery Cats disse...

Caro Sr Renegado.
Fiquei com preguiça de ler seu post hoje.
Nem foto você tem!
Amanhã eu leio se tiver tempo.

Rogério de Simone disse...

- New 52 é mesmo um sucesso?
Depende do que é 'sucesso'. Se sucesso é vender bastante, então, deve estar. Mas vejamos aqui a lista dos 10 mais vendidos, ou de maiores sucessos, se seguir a linha de raciocínio aqui apresentada, em abril de 1996:

1 – Spawn #49
2 – Spawn #48
3 – Gen13 #10
4 – Medieval Spawn/Witchblade #1
5 – Spawn/Wildcats #4
6 – Grifter/Shi #2
7 – Death: The Time of Your Life #3
8 – Crusade Special: Shi vs. Tomoe #1
9 – Glory/Angela: Hell’s Angels
10 – Lady Death: The Odyssey #2

O que saiu de realmente bom dessa lista? Apenas o gibi da Morte. Os outros, hoje em dia, ninguém quase lembra, e quem lembra, sabe que eram histórias ruins. Aliás, principalmente na década de 90, os gibis mais vendidos não necessariamente eram os melhores, pois Spawn vendia muito, assim como X-Men e todos os seus milhares de derivados na época, assim como vários títulos da Image, como Youngblood, Brigade, CyberForce, Shadowhawk, e a gente vai longe no quanto de besteira era vendido.

Mas aí você me diz que era o sucesso da época, pois estava vendendo. Mas sucesso pra quem? Lógico, pra quem está VENDENDO, não pra quem está COMPRANDO. Quem compra leva um material ruim pra casa enquanto quem vende se livra de milhares de materiais ruins e ainda leva grana nisso. Não é um negócio de sucesso?


- Não é anormal ter preferência aos Titãs da década de 80, visto que é a formação da época de maior sucesso da equipe, que ainda não foi superado. O máximo que se conseguiu chegar nos quadrinhos foi a fase do Geoff Johns, que utilizou a mesma formação, substituindo Robin, Kid Flash e Moça Maravilha por suas versões atuais (na época) e adicionando o Superboy. E até colocou uma Ricardita depois. O desenho dos Jovens Titãs, que trouxe muitos fãs, também teve a formação da equipe com base na década de 80.
Então, logicamente, não se vê ninguém querendo de volta os Titãs da época do Dan Jurgens, por exemplo. Ou a Tropa Titã. Porque não fizeram o mesmo sucesso, e enquanto não houver sucesso igual ou superior, é isso que se vai esperar.

- A DC que está renovando tudo, mudando todos os Titãs por personagens diferentes, novos e afins, por que, então, trouxe de volta um personagem morto há vinte anos como o Barry Allen de volta no lugar do atual renovado Wally West como Flash? Por que voltou com personagens como Oliver Queen e não deixou o Connor Hawke? Por que voltou com o Hal Jordan e não deixou o Kyle Rayner ainda como o único Lanterna Verde? E por aí vai...

- Em se falando em mudança, do jeito que a DC está fazendo pegando um personagem existente, mudando todo o seu figurino e sua origem, me lembra bem o filme da Mulher-Gato com a Halle Berry, onde ela não era a Selina Kyle, não estava em Gotham, não tinha ligação com o Batman e teve sua origem alterada, além de ter adquirido um ‘poderes’ estranhos, ou seja, era uma outra personagem completamente diferente, que poderia se chamar tanto Mulher-Gato quanto Fifi. E parece que não deu certo, não?

- Ainda sobre a ‘renovação’, como está se renovando títulos nas mãos de Scott Lobdell, Howard Mackie, Tom de Falco... ? Escritores com estilo da década de 90 é renovação? Aliás, eu citei as porc... digo, revistas publicadas na época, e daí se usa a mesma base ruim e rotula como novo. Claro, quem ignora sua própria história está fadado a repeti-la.

Rogério de Simone disse...

- Concluindo, na minha visão, que é minha opinião, de quem já leu e viveu algumas fases dos quadrinhos, e outras experiências, é que poderia haver um reboot como este, mas que houvesse o mínimo de preparação e organização antecipadamente, que tivesse uma linha a ser seguida, um motivo pra direcionar as mudanças.
Comparando com a Crise nas Infinitas Terras, havia um objetivo de se criar apenas uma Terra e então foram ajustados os personagens e suas histórias pra isso.
Poderia muito bem realizar o reboot, recontar as origens e história de todos os personagens de forma resumida e partir daí com histórias novas e CRIATIVAS, sem necessidade de fazer referência ao passado, mas mantendo-o, pois quem assim quisesse, poderia procurar pelas antigas para conhecer mais, ou simplesmente se manter apenas no reboot mesmo.
Se é pra mudar uniforme, poder e origem, que se crie um novo personagem.

O que se vê é que nem internamente os ‘responsáveis’ sabem os rumos.

Renegado disse...

Ah, Dona Valery Cats ou seja lá quem voce for, eu também não perdi tempo lendo mais que o seu primeiro post.

Meu tempo é precioso e só costumo gastar ele com coisas que realmente valham a pena e observar voce tentando tampar o sol com uma peneira não é o que eu chamo de passatempo.

Contudo, me prontifico a ler todos os seus posts se de alguma forma voce conseguir me garantir que o tempo da minha vida que eu gastar com isso me será devolvido posteriormente. Caso contrário eu sinto muito, seus dizeres serão relegados às traças ou o vento levará embora.

Enrico Vargas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nightwing disse...

Oh, Valery. I'm afraid you've missed my point entirely. All I hear from you is the same mimimis "you old fans can't let go" mimimis. If you had any sense of comic history or understanding of fandom, you'd know a lot of fans are open to change. I even mentioned how I'd prefer a complete reboot to this half-reboot. How is that not letting go?

You seem to think this new 52 is a smashing success, but time will tell that tale. At one time, Dazzler outsold a bunch of titles and Valiant Comics were a hot comic book investment. It's too early to say it's a success, and too early to know if they have successfully rebuilt the characters. This relaunch also had millions in advertising... unprecedented... so from DC's standpoint, it had better sell more comics! They probably haven't even earned back a fraction of what they spent on advertising this relaunch.

And it is, as you say, stories that matter most. I'm the first person to take DC (and fans) to task for getting too mired in continuity. They keep rebooting and restarting and thinking that is the answer... but every time, these "new histories" become just as mired and require a new reboot.

Donna Troy is only a problem character because everyone keeps trying to "fix" her instead of telling compelling stories about her. She's Wonder Woman's younger sister who was given unique powers by the Titans of Myth-- it doesn't need to be any more than that.

You're young. You're new to this. But you'll see. DC just never learns from their reboots, and this current editorial regime is the worst at just slap-dashedly throwing things together and then pulling them apart. What seems like a "fresh clean start" now won't be so fresh in a year or two.

Valery Cats disse...

You are the one missing my point Mr. Nightwing (oh, i'm loving it), I Don't really care if this or that version is gonna last for 10, 20, 30 years... no fictional story should last for so long!
All I care is to have some fun now, because 'now' is where I live.

Your beloved concept from the 1980's don't have a place in today's world!
We are living in a fucking unsafe world, everything is unstable, US and Europe economics are decadent; racial, religious and sexual intolerance grows all around the world...
Thats not a beautiful, happy, healthy teenager's world (insert picture of a smiling Titans grouop here, by George Perez), we grow up with a sense of hurry and permanent danger.

It's not my fault if my 20's are not as colorfull as yours used to be, but i learned to play with the cards i have in my hands.

And you say "i'm ok with changes", but that don't sound convincing to me, because characters like Nightwing, Cyborg, and Starfire have changed for better since their Titans times, and that doesn't seem good enough for you... you (old fans) speech sounds like "i'm ok with changes as long as everything stays the same".

Nightwing disse...

mimimis old fans mimimis

haha, you of all people should know about things not being what they appear to be, right, "Valery"?

Valery Cats disse...

damn, you got me mr detective... my real name is Valeria!

Tarcísio Aquino disse...

Hoje recebi um e-mail, desses encaminhados, falando sobre "anciões" e "gerações novatas". Grande coincidência, pois também falava de legados (tipo Wally e Barry). Na hora pensei neste tópico.

Concluí que as gerações, em qualquer sentido, batem de frente, principalmente quando "anciões" se passam por "novatos". Assim, vamos todos nos divertir com os novos e antigos títulos. ;)

Valery Cats disse...

Tá certo Tarcisio, eu pelo menos tenho me divertido bastante em ver um Barry Allen jovem... na verdade um Barry Allen inédito, já que o universo passou mais de 25 anos sem ve-lo.
E admita, se não fosse pela minha contribuição este post aqui não teria sido tão divertido
;D
Adoro seu blog, adorei seu texto, e aguardo ansiosa pelas próximas noticias pra poder contestar as opiniões dos "anciões" de plantão!
Beijos garotos!

Tarcísio Aquino disse...

Com certeza! Mas o mais divertido foi comprovar minhas suspeitas ao ler um e-mail na minha Caixa. Hehehe...

Que bom que que está ansioso pelos novos posts. Mas pode visitá-los sem máscara, ok?

Abraços.