30 de jul de 2007

Fênix Negra - Jean Grey

A jovem filha do professor de história John Grey e sua esposa Elaine, Jean Grey estava com 10 anos de idade quando estava brincado com sua melhor amiga, Annie Richardson quando ela foi atingida por um automóvel. O trauma da situação despertou os poderes telepáticos latentes de Jean, fazendo com que ela acompanhasse todo desespero e terror da amiga moribunda. Isso fez com que Jean descobrisse que não podia controlar seus poderes e, deprimida, fez com que ela se isolasse de tudo e de todos.
Quando chegou aos 11 anos, seus pais a levaram para ser tratada pelo professor Charles Xavier, indicado aos seus pais por um psiquiatra amigo do mutante. Consciente da situação de Jean, Xavier explicou a ela, mas não aos seus pais, sobre sua condição mutante. Para evitar que Jean enlouquecesse, Charles criou uma série de barreiras psíquicas a fim de evitar que ela usasse seus poderes telepáticos até estar madura o suficiente para controlá-los. Ao mesmo tempo, ele ensinou a garota a usar suas habilidades telecinéticas e, quando concluiu que ela havia dominado razoavelmente esse dom, sugeriu a seus pais que a matriculassem no Instituto Xavier para superdotados. Finalmente, usando seus poderes telecinéticos, Jean foi a quinta aluna – e a primeira mulher – a integrar a escola e uma dos primeiros membros da equipe de aprendizes mutantes de Xavier, os X-Men, adotando então o nome de Garota Marvel.
Logo de cara ela caiu de amores pelo colega de equipe Scott Summers, mas o afeto de Jean foi disputado por dois X-men: o atirado Anjo e o tímido Ciclope. Depois de um tempo de um tremendo chove e não molha, os dois acabaram admitindo seus sentimentos um para o outro. Nesse meio tempo, Charles precisou se ausentar da Terra e liberou Jean das barreiras psíquicas que a impediam de usar seus poderes telepáticos.
Depois que a segunda geração foi formada, Jean deixou o grupo. No entanto ela e os membros originais foram seqüestrados por sentinelas e levados a uma estação espacial. Após Jean e os X-Men derrotarem o cientista Stephen Lang e os robôs Sentinelas em sua estação espacial, os heróis escaparam utilizando uma nave espacial e passando por uma tempestade de radiação solar letal. A proteção da nave era precária, de modo que a cabine de pilotagem não era suficientemente protegida contra a radiação. Devido ao teor de seus poderes, Jean se voluntariou para guiar a nave, usando sua telecinésia para bloquear a radiação. Quando estava morrendo pelo envenenamento da radiação, Jean foi salva pela entidade cósmica conhecida como Força Fênix. A Fênix levou a nave relativamente salva até a baía Jamaica, em Nova Iorque.
Ao chegarem a Terra, Jean estava mudada. A princípio, acreditava-se que a radiação fizera com que Jean entrasse em contato com a Força Fênix, uma das forças primordiais do universo, que havia se apossado de seu corpo. Adotando o nome de Fênix, Jean se tornou quase uma semideusa. Sem treinamento adequado para lidar com tanto poder, Jean passou a lutar contra a Fênix constantemente, obtendo certo sucesso... Até que caiu vítima dos ardis do mestre mental, um mutante mequetrefe dotado de poderes ilusórios. O mestre tinha o intuito de corromper a alma de Jean, transformando-a em Rainha Negra do círculo interno do clube do inferno, uma instituição fechada, cujos sócios eram pessoas – mutantes ou não – mais ricas do mundo. Com seu lado negro e faminto, a agora Fênix Negra tomou conta do corpo de Jean que, mesmo se livrando do controle do mestre, cometeu atos inimagináveis, que culminaram na destruição de uma estrela e na morte de cinco bilhões de seres. Graças à intervenção do Professor Xavier, Jean recuperou o controle de suas emoções, mas fora declarada uma ameaça espacial pelo império Shiar. Em uma batalha para decidir seu destino, os X-Men foram levados a lutar com a Guarda Imperial Shiar. Sumariamente derrotados, Jean acabou cometendo suicídio quando percebeu que seu lado negro estava se levantando novamente.
Nesse meio tempo, a essência maligna da Fênix Negra foi ressucitada por Darkseid. O que ocausionou uma aventura com os X-Men e os Novos Titãs. Ravena, membro dos Novos Titãs sentiu a presença de Fênix com seus poderes intuitivos, assim, os Titãs partem atrás dos X-Men para tentar evitar o que poderia ser uma catástrofe mundial. Após a maioria dos membros de ambas equipes serem capturados pelo Exterminador, as equipes se unem e partem para luta contra Darkseid e Fênix Negra. Depois que as equipes sairam vitoriosas, especialmente pela atuação do Professor X, Ravena e Ciclope, a Fênix Negra novamente desaparece.
Jean havia morrido. Ou assim se pensava. Meses depois do suicídio de Jean na lua, um casulo foi encontrado no fundo da Baía Jamaica. Dentro dele estava o corpo de... Jean Grey! Testes genéticos e psíquicos atestaram que aquela era, sem sombra de dúvidas, a verdadeira Jean Grey. Então se soube que, ao atender os chamados de ajuda de Jean na nave espacial, a Força Fênix apareceu em frente a ela, oferecendo-se para atender um desejo seu. Jean pediu que os X-Men fossem salvos e, enquanto seu corpo era depositado num casulo em estado comatoso, a Fênix moldou seu corpo e mente para emular a personalidade de Grey e absorveu uma porção de sua consciência. A Fênix copiou até mesmo as memórias de Jean e sua afeição por seus amigos e, é claro, Scott Summers. Assim, enquanto o corpo de Jean se recuperava dos graves ferimentos acarretados pela radiação solar, a Fênix tomou seu lugar e colocou o corpo de Jean em animação suspensa no casulo no fundo da baía Jamaica.
Por meses a Fênix acreditou que ela mesma fosse a verdadeira Jean até ficar insana e tornar-se Fênix Negra. No fim, a porção da consciência de Jean dentro da Fênix veio à tona a fazendo cometer suicídio. Depois, Jean foi resgatada de seu estado e renascida das cinzas. Jean passou por várias experiências após retornar para os X-Men, o que incluiu seu casamento com Scott. Hoje, Jean não está mais casada com o Scott, e está sempre em conflito com seu lado negro.

Jean Grey é uma poderosa telepata e telecinética de Nível Ômega, dando-lhe a capacidade de ler mentes, projetar seus pensamentos nas mentes de outros, fazer viagens astrais, mentalmente deixa sem sentidos (atônito) os seus inimigos com pura força psiônica, entre outros talentos. Sua telepatia permite também atordoar seus inimigos com raios mentais. A telecinésia permite que ela possa levitar o próprio corpo, outras pessoas e objetos.
Tende a sempre se surpreender com as próprias habilidades, e cada vez realiza atos mais incríveis com seus poderes.

Obs.: A Fênix Negra é personagem da Marvel Comics, ou seja, não faz parte do Universo DC, e está sendo citada aqui, por sua participação no crossover X-Men & Novos Titãs.

2 comentários:

Cicero disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jean grey disse...

sou fã da DC e da Marvel. Amo a Batmulher e a Fênix Jean Grey. (aventurafenix@gmail.com)