16 de out de 2007

Johnny Quick

Professor Gill, um gênio da matemática, descobriu que, ao imaginar uma fórmula geométrica especifica, seria capaz de se mover sem super-velocidade. Ao descobrir que estava prestes a morrer, Gill ensinou sua fórmula (3x2(9YZ)4A) a seu estagiário, o estudante Johnny Chambers. Durante uma tempestade em sua cidade, Johnny resolveu testar a fórmula. Ao pronunciá-la, Johnny foi capaz de adquirir super-velocidade e vôo. Assim, Johnny decidiu se tornar o vigilante ‘Johnny Quick’.

Em dezembro de 1941, quando a América entrou na Segunda Guerra Mundial, Johnny dividiu seu tempo como herói e repórter para um telejornal. Johnny e seu assistente, Tubby Wats, estavam na Casa Branca quando a Sociedade da Justiça da América, o primeiro grupo de heróis, foi dada como desaparecida. Então, Johnny se aliou a outros heróis para juntos resgatarem o grupo. Estes heróis formaram o grupo conhecido Como Esquadrão All-Star. Foi nesta missão de resgate que Johnny conheceu Libby Lawrence, a heroína conhecida como Liberty Belle, com quem veio a se casar alguns anos depois. Tiveram uma filha, Jesse Belle Chambers, que herdou as habilidades de seus pais.

Com o fim da Segunda Guerra Mundial, o Esquadrão se desfez. Então, Johnny e Libby se retiraram da carreira heróica. Entretanto, tempos depois, Johnny ajudou Max Mercúrio a enfrentar Savitar. Antes de se retirar definitivamente, Johnny passou a pesquisar a formula que lhe proporcionava super-velocidade. Max Mercúrio tentou convencê-lo de que o mantra era um meio dele drenar a energia da Força de Aceleração.

Johnny continuou lecionando em universidades e ministrando seminários, pregando sua filosofia ao mundo. Fundou a Quickstart Enterprises, uma empresa que comercializava seus vídeos seminários e suplementos energéticos. Entretanto, foi neste período que Libby o deixou, confusa com a direção de seus novos ideais.

Graças às suas habilidades, Johnny se manteve jovem e vigoroso. Após o retorno da Sociedade da Justiça da América, Johnny passou a ajudá-los ocasionalmente. Durante os eventos de Zero Hora, Johnny estava entre os heróis que confrontaram Extemporâneo, um vilão temporal. Durante a batalha, Johnny envelheceu, mas continuou atuando como herói, ajudando, inclusive, sua filha Jesse Quick a instruir o jovem Bart Allen, o Impulso.

Tempos depois, Johnny se encontrou com Íris Allen, viúva do segundo Flash, que o avisou de um terrível problema na Força de Aceleração. Ao descobrir que a super-velocidade havia o abandonado, Johnny se convenceu da existência desta energia dimensional. Tempos depois, Johnny readquiriu suas habilidades e enfrentou Savitar. Quando percebeu que sua filha poderia ser atingida pelo vilão, Johnny se jogou à frente de Jesse, desaparecendo em um relâmpago. Antes de desaparecer, Johnny disse a Max que finalmente sentia a força em seu corpo, despedindo-se de seus amigos e filha e unindo-se a outros velocistas que se encontravam na Força de Aceleração.

2 comentários:

Anônimo disse...

Oi tarcisio, obrigado pelas gentis palavras a respeito do meu trabalho em seu site, adoraria comentar as novidades a respeito dos Teen Titans mais infelizmente não dá pra falar, ossos do oficio, mais uma vez obrigado e mês que vem mando umas páginas pra vc em primeira pra vc postar aqui, OK?.
Abraços
Eddy Barrows

Tar Aquino disse...

Ei, Eddy. Muito obrigado vc por vir ao site e deixar um comentário.
Desde McKone ou Daniel nao temos um artista legal no titulo. Exceto pelo Chris Batista (mas foi so uma edicao). Vc veio pra arrebentar.
Nos falamos por aí.
Abracao.