6 de nov de 2007

Novíssimos Titãs: Por que respeitá-los?

Parte 2:
Cassandra "Cassie" Sandsmark - Moça-Maravilha.


Continuando com a série de textos sobre os Novos Titãs atuais, queria ressaltar que falarei aqui não da fase que está passando atualmente no Brasil, e sim da equipe que está atualmente sendo editada nos EUA.
Hoje quero falar sobre Cassandra Sandsmark, conhecida pelos seus amigos como Cassie, a Moça Maravilha. Pra mim, a Titã mais injustiçada de todos.
Cassie tem certas semelhanças com Tim, exceto por alguns agravantes. Enquanto Tim teve que se livrar da sombra e da comparação com Dick Grayson, o Asa Noturna, Cassie precisa superar a sombra de ninguém mais, ninguém menos que Donna Troy, atualmente Tróia. Tanto que é comum as pessoas se referirem à Cassie como Moça-Maravilha II, já que Donna foi a primeira (Confesso que procuro evitar isso, já que denota uma comparação). Todos nós sabemos que para todos aqueles que gostam dos Titãs, Donna é Donna, e ao nível dela não há ninguém. E não pretendo comparar as duas, pelo contrário, pretendo mostrar que elas são heroínas distintas e fantásticas.


Mas o que faz de Cassie uma Moça-Maravilha especial?
Comecemos analisando a vida dela. Cassie foi criada sozinha por sua mãe, Helena Sandsmark. Cassie não conhecia, até pouco tempo atrás, a identidade de seu pai. Todos nós sabemos que qualquer pessoa que cresce sem a presença do pai ou da mãe, amadurece, ou talvez, “adultece” precocemente. Com Cassie não foi diferente. Somado a isso, há sempre aquela sensação de rejeição, de que ela não é bem quista. Isso, para muitos, e, acredito, é o caso dela, pode gerar certo trauma. Não saber quem é seu pai, ser rejeitada pelas escolas pelos riscos que elas podem correr com a presença de uma heroína de identidade conhecida publicamente, ser comparada constantemente com sua antecessora deixam qualquer um com certo trauma. Fora a rejeição dos fãs (vocês pensam que ela não sente? Hehehehe). O fato de Diana ter se ausentado durante a época de Crise Infinita após o assassinato que a Mulher Maravilha cometeu, deixando Cassie sozinha, é um exemplo da rejeição que ela comumente sente. Talvez por isso Cassie tenha se apegado a Conner quando esse era um Titã. Conner estava deslocado, ele era um ser “fabricado”, não convencional. Cassie viu nele um igual, uma pessoa que sofria das mesmas mazelas psicológicas: rejeição, abandono, diferença. Não sei como eles começaram a namorar, mas me parece natural que a atração tenha se dado também por esses motivos. A falta de Conner, associada
à falta que Tim sente do mesmo, resultou que um busque consolo no outro, fazendo com que Robin possa ser o novo par romântico dela. Cassie torna-se humana e um ser real quando ela demonstra esse seu lado afetivo (pra não dizer humano), o mesmo lado que às vezes a faz parecer fria. Cassie não se apega facilmente, mas quando se apega, se apega fortemente.
Cassie também foi atormentada psicologicamente por Ares, com suas aparições freqüentes, sendo que ele sabia a identidade do pai dela, não a revelava e, por vezes, dava a entender que ele próprio era seu pai.
E toda pessoa que amadurece muito cedo, um dia a fase infantil que não foi vivida retorna reinvidicando seu espaço. Cassie tem tendência a se tornar infantil e birrenta, e isso é notado na sua relação com Rose, a Devastadora. Isso é o que para muitos faz com que ela seja tachada de chata. Porém isso é comum frente aos acontecimentos de sua vida. Acontecimentos esses que ela vem superando, quase sempre sozinha! Porque Cassie tem espírito de guerreira, espírito de Amazona!

Na minha humilde opinião, Cassie ainda é mal explorada no Universo DC. Recentemente a identidade de seu pai foi revelada: Cassie é filha de Zeus. Isso a torna uma semi-deusa. Ela está no mesmo patamar que seu meio-irmão Hércules. Cassie poderá no futuro ser muito mais poderosa do que é hoje, se bem trabalhada.
Sobre o estigma de Moça-Maravilha, não destoa muito da situação de Tim. Certamente Cassie não foi tão grande sobre esse manto como Donna, mas essa se tornou a heroína que é hoje quando se desfez dessa marca, assim como Dick. Talvez Cassie precisasse da mesma coisa, livrar-se da Moça-Maravilha. Isso acontecendo ou não, Cassie tem seu valor, tem suas virtudes e merece o lugar que ocupa. Tanto é assim, que ela, enquanto membro da Justiça Jovem, foi líder da equipe. Cassie apenas é diferente tanto de Donna como de Diana. Cassie também tem seu laço, mas ele é distinto do de Diana. Em tudo, Cassie é diferente das outras “Maravilhas”, até na cor do cabelo (hehehe). Por isso acho que um dia as comparações acabarão.
Assim como Tim, Cassie também conviveu com Titãs Clássicos. Mas não é por isso que ela é uma Titã. Ela é uma Titã porque seu caráter e suas virtudes assim a fizeram!

Autor: Rodrigo Broilo

6 comentários:

Tar Aquino disse...

Nem vou agradecer pelo ótimo artigo! Parabéns pela persuação (heheheeh). Embora eu a ache realmente chata, você está conseguindo me convencer a dar mais atenção a esta turma!
Mal posso esperar pelos meus favoritos: Kid Devil e Devastadora.

Parabéns, Rodrigo!

Tar Aquino disse...

"Cassie não se apega facilmente, mas quando se apega, se apega fortemente."

"Ela é uma Titã porque seu caráter e suas virtudes assim a fizeram!"

PERFEITO!

México McVilla disse...

Valeu!
Como disse pra vc não gostei muito desse texto, mas relendo ele agora... é! Dá pro gasto! heheheh
Pode deixar que vou cuidar muito bem deles! Pra Rose vou ter q gostar dela primeiro! Hehhehe

Bebel disse...

Confesso que eu, Bebel mesmo sendo uma nova leitora sinto por Cass o oposto do que sinto por Donna.
Sim, eu adoro Donna Troy, � linda, maravilhosa, inteligente, incompar�vel, enquanto que pela Cass... Well...
T� bom, eu n�o gosto da Cass, ela foi a primeira Wonder Girl que eu vi (conheci Donna depois!) e eu simplismente n�o gosto. Achava ela metida, chorona, ignorante, � mesmo imposs�vel olhar pra ela e n�o comparar com a (im)perfei�o de Donna, afinal, Donna sempre ser� a original.

But... Seu texto conseguiu a proeza inimagin�vel de me fazer refletir um pouco e analisar melhor a Cass, ou seja, eu ainda n�o gosto dela, mas, certamente, agora aturo mais!

Rrsrsrs

Ou seja, meus parab�ns, foi um texto perfeito!

Leo Ribeiro disse...

Rodrigo... pego emprestado as palavras da Bebel... é o mesmo que sinto, seu texto conseguiu fazer-me refletir melhor sobre a Cassie, que realmente é digna de todos esses elogios que já foram citados aqui.. eheh...

Parabéns, você tem talento.. eita poder de persuasão danado.. rsrs

(Bem.. sobre o lance da comparação com a Donna.. é melhor deixar quieto, por enquanto... rs)

México McVilla disse...

Valeu galera...
Sinto que meus textos estão atingindo seus ideais quando o pessoal aparece aqui pra comentar... e elogiar! Como eu disse pro tar, eu não to acostumado com isso! hehehe
Não achei o da Cassie tão bom. preferi o do Tim, mas... me esforcei por tirar o melhor que pude da Cassie.
Claro q vai ser bem difícil não comparar. A Sombra de Donna sobre Cassie é maior do que a de Dick sobre Robin por exemplo... Mas quem sabe um dia cassie possa provar seu valor e se livrar da marca de MM "2"!!!!
Ademais o texto sobre a Rose estará com vcs logo logo.
E esse é especial... mas depois eu explico! Abração a todos!