6 de dez de 2007

Novíssimos Titãs: Por que respeitá-los?

Parte 7: Jaime Reyes, o Besouro Azul

Eu disse que os últimos textos eram difíceis? Pois me enganei. Aqueles eram barbada perto desse. Não há praticamente nada do nosso amigo Jaime Reyes, o Besouro Azul, publicado no Brasil. Então temos que recorrer ao que sabemos dele lá de fora!
Aliás, Jaime nem Titã não é. Ainda. Embora ele apareça nas capas das revistas enfrentando vilões ao lado dos Titãs, ele não foi confirmado como um deles. Ele não entrou oficialmente para a equipe. Mas como ele entrar para os Novos Titãs é mais certo do que a Terra ser redonda (tá, ela não é uma esfera perfeita.... mas também não é plana!), falemos sobre nosso amigo hispânico.
Jaime é membro de uma família extremamente católica e muito unida. Como o nome Jaime Reyes faz notar, o menino descendente de latinos. Para quem vive num mundo a parte, os latinos são os povos de países de línguas derivadas do latim: português, espanhol e francês (no caso da América Latina, são essas as línguas latinas, embora não sejam as únicas). Países como Jamaica e Haiti, mesmo ficando no território conhecido popularmente como América Latina, não são países latinos, pois falam inglês. Aula de Geografia a parte, os latinos são a principal mão de obra dos Estados Unidos, sendo isso um gerador de preconceitos na terra do Titio Bush (assunto do qual já falei anteriormente). Isso, passado para o mundo dos quadrinhos se transforma em uma quebra de paradigmas, pois um descendente de latinos como Jaime também tem lugar entre os Titãs. Porém, Jaime não é o primeiro a conseguir tal façanha, já que por lá passaram pessoas como Miriam, a Mirage e Lorena, a Aquagirl.
A quebra de preconceitos é tão grande que em uma das recentes revistas publicadas nos EUA Jaime liberta os Grandes figurões da DC das garras dos Titãs do Amanhã. Pode ser que minha visão latina de mundo tenha ofuscado minha razão, mas eu vi a bela mensagem subliminar do povo latino salvando os Estados Unidos. Enfim, isso é piração minha!
Jaime é um cara que tem grandes amigos. Amigos com quem ele sempre pode contar, e essa experiência de amizade talvez seja a peça chave para que ingresse na equipe. Pois, convenhamos, Jaime precisa de um pouco de ajuda. Não que o cara seja um mau herói, pelo contrário, o Besouro Azul tem sido um dos novos personagens da Crise melhor explorado e trabalhado da DC. O problema de Jaime é a inexperiência. O guri é bem atrapalhado, às vezes até desastrado, embora sempre se saia bem das situações.
Para quem não sabe da história dele, Jaime tem um alien alojado em suas costas. E o pior é que esse ET conversa com ele, e só ele escuta. Isso estraga a vida social de qualquer um. Kara, ao ver Jaime falando “sozinho” uma vez, disse a Cassie: "Acho que é o amigo imaginário dele!". Ao contrário de Eddie, Jaime não procurou ser um herói. Tanto que ele demorou a se acostumar com sua nova situação. Para isso Jaime contou com o apoio de sua família e de seus amigos, que sabem de seu segredo. Isso é outra coisa que diferencia Jaime dos outros Titãs. Ele tem uma estrutura familiar bem sólida, ao contrário de todos os outros atuais titãs. Isso não faz dele desmerecedor do cargo que irá ocupar. Mas faz dele uma pessoa que sabe a importância que é ter uma família e com certeza ajudará na estruturação da família dos Novos Titãs.
Jaime já se envolveu com uma outra heroína, Girl 13, descendente dos Homo magi.
Todas essas características tornam Jaime uma das maiores revelações da DC dessa Crise. Jaime é um herói completo, com problemas pessoais, tendo que se adequar a sua condição de herói e fazer amigos nesse novo grupo.
Todos nós conhecemos pouco de rapaz ainda. Mas duvido que, com o tempo, não nos “apaixonemos” por ele, e o consideremos parte da família, parte dos Novos Titãs!

3 comentários:

Leo Ribeiro disse...

E quem é louco de dizer que esse menino não é um Titã??? rsrsrs... Rodrigo, mais um texto, ou seja, mais um Titã que merece respeito!

Parabéns...

Tar Aquino disse...

Com certeza outro texto fascinante.
Vlw

México McVilla disse...

Vlw galera!
Essa série tá acabando, mas não é o fim!
Foi bem bom poder escrever sobre eles, pois assim fiquei conhecendo mais das pessoas que eles são!
Espero q vcs tb!
E que não odeiem mais a Cass... heheheh