30 de out de 2010

Konstantin Kovar

Konstantin Kovar era um renomado arqueólogo russo que servia aos interesses de seu país. Quando algo, que se acreditava ser um meteoro, caiu no Rio Yenesi, na Rússia, em 1908, Konstantin e seu filho, Leonid, descobriram que se tratava de uma nave alienígena. Leonid tocou em um controle errado e a nave irradiou incríveis energias que mudaram sua fisiologia. Quando essas energias se manifestaram como superpoderes, Leonid foi levado para estudos pela União Soviética e treinado para se tornar o primeiro de toda uma geração de meta-humanos russos.

Konstantin Kovar, por sua vez, aparentemente, pereceu sob circunstâncias misteriosas enquanto servia a seu país. Assim, o órfão Leonid, passou a ser cuidado pelo amigo de Konstantin, Pyotr Raskov. Mais tarde, Leonid adotou o nome de Estrela Vermelha e se tornou amigo da Turma Titã. Em segredo, Konstantin fazia parte de uma operação na KGB. A operação consistia em denegrir a imagem dos Estados Unidos, enquanto secretamente tomava controle sobre a Rússia. Para isso, ele tentou criar um grupo de soldados cibernéticos através do estudo do corpo de Cyborg. Para garantir a operação, a KGB acusou Raskov de traição e o levou para a Cidade Científica, forçando-o a chamar pelo amigo Estrela Vermelha. Esta foi uma tentativa de manter e usar Cyborg para as pesquisas com os Meta-Homens, que matariam o Presidente, culpando os EUA.

Entretanto, Estrela Vermelha descobriu a operação com a ajuda da misteriosa Anna. Neste momento, Leonid adquiriu novos poderes, que lhe ajudaram a deter seu próprio pai. O preço dessa vitória foi alto, pois ainda neste evento, seu amigo Raskov foi morto e Anna, por sua vez, foi forçada a assassinar Konstantin.

Sem o conhecimento do Estrela Vermelha, cientistas russos tornaram Konstantin um Meta-Homem.

Nenhum comentário: