28 de nov de 2010

Talia Al Ghul


Ra's al Ghul conheceu Melisande, mãe de Talia, uma mulher com ascendência sino-árabe, em Woodstock. Segundo consta, a mãe de Talia morreu devido a uma overdose. Porém, mais tarde descobriu-se que a mãe de Talia foi assassinada por Qayin, um antigo servo de Ra's al Ghul.

Assim, Ra's viajou com sua filha para diversos pontos do mundo e como resultado Talia tornou-se especialista no combate corpo a corpo e hábil no manuseio dos mais variados tipos de armas, de espadas a revólveres, auxiliando ainda seu pai na condução das diferentes organizações por ele controladas.

Quando Robin e Talia foram seqüestrados, Batman somou esforços com Ra's à procura dos dois. Porém, tudo não passava de um ardil plano de Ra's al Ghul, visando avaliar se Batman estaria apto a casar-se com Talia e comandar seu império. Batman acabou rejeitando os planos do vilão e vai embora sem corresponder aos sentimentos de Talia. Desde então, os encontros entre Talia e Batman tornaram-se mais freqüentes.

O filho do Demônio

Mais tarde, Ra's al Ghul novamente pediu a ajuda de Batman, desta vez para caçar aos responsáveis pela morte de sua esposa. Durante esta aventura, Bruce Wayne e Talia se casaram. A filha do demônio logo engravidou do Cavaleiro das Trevas, porém ela escondeu a gravidez de Bruce. Quando Batman foi gravemente ferido ao proteger sua esposa de um grupo de assassinos profissionais, Talia conclui que se permanecesse ao lado de Batman ele sempre seria forçado a defendê-la e com isso ficar à mercê de seus inimigos. Ela e pôs fim ao seu casamento.

Logo depois, ela deu à luz Damian. O garoto, geneticamente aperfeiçoado em tubo de ensaio, foi concebido para ser um guerreio formidável, por isso o garoto ficou sob os cuidados e treinamentos da Liga dos Assassinos. Como resultado dos rigorosos treinamentos, o garoto além de se tornar um habilidoso artista marcial ainda na pré-adolescência, também ganhou como característica marcante uma grande frieza de sentimentos.

Mais tarde, Ra's considerou Bane como o novo par ideal para sua filha. Entretanto, Talia rejeitou tal compromisso, embora seu pai insistisse no fato de que ela realmente se casaria com seu escolhido, porém uma nova vitória de Batman sobre Bane pôs fim a mais uma encenação de Ra's que visava unir em matrimônio o defensor de Gotham City e Talia. Traído e sentindo-se usado, Bane jurou vingança contra Ra's al Ghul.

Jason Todd

Quando Jason Todd retornou à vida graças aos socos desferidos pelo Superboy Primordial contra a realidade, Talia não apenas cuidou do garoto como o ajudou. Após tê-lo mergulhado no Poço de Lázaro, Talia presenciou Jason recuperar suas memórias e, confuso, o rapaz ficou irado ao acreditar que sua “morte” não fora vingada. Assim, Todd assumiu a identidade de Capuz Vermelho.

A morte de Ra's Al Ghul

Anos depois, foi revelado que, durante suas viagens pela Rússia no século XVIII, Ra's al Ghul teve um romance e em razão disso teve uma outra filha chamada Nyssa Raatko. A garota foi abandonada pelo pai durante o período mais difícil de sua vida quando esta foi torturada e viu toda a sua família ser morta num campo de concentração durante o Holocausto.

Jurando vingança, Nyssa planejou minuciosamente o uso de toda a sua riqueza e dos demais recursos que dispunha para assassinar seu pai e nesse ínterim seqüestrou e fez uma lavagem cerebral em sua irmã de modo a converter Talia em uma arma capaz de matar Ra's.

Infelizmente, Batman não pôde impedir a morte de Ra's nas mãos de Nyssa. Com a morte de Ra's al Ghul as irmãs foram aclamadas como as novas "Cabeças do Demônio", comandantes-chefe da organização criada por seu pai.

Crise Infinita

Durante a Crise Infinita, Talia integrou o alto escalão da Sociedade Secreta dos Supervilões ao lado de Alexander Luthor Jr. (disfarçado como Lex Luthor), Adão Negro, Dr. Psycho, Exterminador e Calculador.

Em um determinado momento Nyssa revelou à Cassandra Cain, a Batgirl, que a participação de sua irmã nessa cabala era parte de uma estratégia que a permita tomar o controle do planeta e assim permear o mundo com seus ideais de paz e igualdade. Tais planos foram frustrados tanto pela derrota de Nyssa quanto da Sociedade. Com a aparente morte de Nyssa pelas mãos de Cassandra Cain a liderança da organização de Ra's al Ghul coube a ela e Talia, aclamada como a nova "Cabeça do Demônio".

O retorno de Ra's

Na tentativa de atrapalhar o trabalho de Batman, Talia revelou a ele a existência de seu filho, deixando-o sob sua custódia. Após passar um período com seu pai, Damian foi levado por sua mãe para a Austrália, na tentativa de aprender a história do avô e de seu servo, o Fantasma Branco - o filho secreto de Ra's Al Ghul. Damian e Talia acabaram encontrando Ra's, que voltou no corpo de um ex-assassino, que pretendia transferir sua mente para o corpo de seu jovem neto. Mas Tália, não permitiu que isso acontecesse e mandou Damian fugir até Gotham em busca da ajuda de seu pai. Logo depois, após uma série de acontecimentos, Ra's transferiu sua mente para o corpo de seu filho secreto Fantasma Branco.

Durante a Crise Final, Talia foi membro da Sociedade de Libra e ,logo depois, foi vista junto ao seu filho em uma caótica Gotham após a morte de Batman. Em seguida, seu filho se tornou o novo Robin.

2 comentários:

Nícolas disse...

ETA familiazinha probremática, ein?

Juliana disse...

É mesmo...mas eu adoro o Bruce com a Talia!
A relação de amor e ódio entre eles!
Quero ver isso no terceiro filme do Batman!