1 de fev de 2011

Bane - Antônio Diego


Bane nasceu na prisão de Pietra Dura, localizada na ilha de Santa Prisca, no Caribe. As leis de Santa Prisca determinavam que, caso um criminoso não possa cumprir sua pena, seus filhos tomem seu lugar. Foi o que aconteceu com Bane, que foi condenado a cumprir prisão perpétua.

Na infância, passou a ser cuidado por um padre jesuíta, que viria a ser assassinado pelo próprio Bane, anos mais tarde. Aos oito anos de idade, cometeu seu primeiro assassinato, matando um criminoso que queria usá-lo como moeda de troca de informações na prisão. Sua única companhia era seu ursinho de pelúcia chamado Osito. O urso possuía um buraco em suas costas, no qual Bane escondia uma faca para usá-la contra qualquer um que tentasse ameaçá-lo.

Mesmo aprisionado, Bane não deixou de aperfeiçoar suas habilidades naturais: dedicou-se à leitura de diversos livros, modelou seu corpo no ginásio da prisão e aprendeu a lutar para poder se defender de outros prisioneiros. Tornou-se lenda quando passou dez anos na solitária e sair dela são. Em certa ocasião, Bane desentendeu-se com outro prisioneiro e acabou sofrendo um acidente, que o deixou em estado de coma. Teve visões do seu futuro e descobriu que o medo de um morcego poderia impedi-lo de conseguir seus objetivos. Tornou-se obcecado pela leitura sobre Gotham City (lugar que, assim como a prisão, era comandada pelo medo) e sobre seu guardião.

Inevitavelmente, sua resistência acabou chamando a atenção dos administradores do presídio, que o forçaram a tornar-se cobaia em experimentos com uma misteriosa droga viciante, conhecida como Veneno, a qual havia matado todas as cobaias anteriores. Bane sobreviveu a tal experiência e teve sua força consideravelmente aumentada. Porém, necessita tomar o Veneno a cada 12 horas (através de um sistema de tubos que bombeiam a droga diretamente para o cérebro), sob pena da reação adversa de enfraquecê-lo ao extremo.

Apesar de ter sobrevivido ao Veneno, Bane fingiu-se de morto para poder escapar, já que a maioria dos mortos do presídio eram jogados no precipício. Lançado ao mar, livrou-se dos acessórios que o prendiam e rumou para Gotham City, com a intenção de destruir o morcego demoníaco que o atormentava em suas visões. Ele estava convencido de que o morcego em questão era Batman.

Advertido de que um confronto direto com Batman seria loucura, Bane usou sua força para derrubar as paredes do Asilo Arkham e libertar os mais perigosos criminosos da cidade, entre os quais estavam Coringa, Espantalho, Chapeleiro Louco, Ventríloquo, Vagalume, Cavaleiro e Zsasz. A fuga em massa do manicômio sobrecarregou Batman, levando-o à exaustão, após três meses sem descanso de recaptura dos fugitivos.

Ao retornar à Mansão Wayne, após cumprir sua missão, Batman encontra Bane esperando-o. Ao confrontar o Homem-Morcego na Batcaverna, Bane o deixa paralítico, ao quebrar-lhe a coluna. Sem poder mover as pernas, Bruce Wayne então deixou o posto de Batman, transferindo-o para Jean-Paul Valley (também conhecido como Azrael). Utilizando um sofisticado traje de combate, ao invés do tradicional uniforme de Batman, Jean-Paul derrotou Bane, danificando os tubos que lançavam o Veneno na corrente sanguínea de Bane e causando-lhe uma severa síndrome de abstinência.

Após ser derrotado, Bane foi enviado para a Prisão Blackgate, de onde mais tarde fugiu.

Abalado com a derrota, Bane se livrou do vício em Veneno e se uniu ao vilão Ra’s Al Ghul. Os dois se desentenderam alguns meses depois e Bane se tornou inimigo jurado da Liga dos Assassinos.

Anos mais tardes, Bane descobriu a verdadeira identidade de seu pai, o vilão conhecido como Rei Cobra, e o matou como vingança pelo tempo em que passou na prisão, pagando pelos crimes de seu pai.

Durante a Crise Infinita Bane se tornou membro da Sociedade de Supervilões de Alex Luthor da Terra 3. Durante a batalha de Metrópolis, finalmente definiu quem é ao quebrar a coluna do herói Mestre Judoca. Após isso, Bane se tornou membro do Esquadrão Suicida, mas acabou sendo traído pelos outros membros e acabou sendo enviado ao Planeta Prisão junto a outros vilões. Bane conseguiu fugir.

Atualmente é membro do Sexteto Secreto.

Nenhum comentário: