17 de fev de 2011

Capitão Bumerangue I – George “Digger” Harkness

George "Digger" Harkness, filho ilegítimo de um soldado americano e de uma mulher australiana, cresceu em extrema pobreza, mas com um talento nato na confecção de bumerangues, aprendendo a usá-los brilhantemente como armas. Quando jovem, foi contratado como dublê e garoto-propaganda de uma linha de bumerangues para uma indústria de brinquedos apropriada por seu pai biológico. Um dia, depois de um desempenho especialmente ruim, Digger tentou roubar alguém, sendo flagrado pelo Flash Barry Allen. Percebendo o que ele poderia fazer com bumerangues e totalmente ridicularizado, ele começou uma carreira criminosa como o Capitão Bumerangue.

Apesar de não ter superpoderes, naquele momento, ele tornou-se um recorrente inimigo do Flash, produzindo bumerangues alterados que produziam efeitos impressionantes (alguns podiam explodir, outros tinham bordas afiadas, por exemplo) e usando-os sem piedade. Assim, tornou-se um dos principais membros da Galeria de Vilões do Flash.

Certa vez, durante uma batalha entre Wally West e dois Flashs Reversos, Digger foi enviando para o futuro, onde conheceu e engravidou Meloni. Este momento é um mistério, pois, não se sabe como seu filho, Owen, voltou no tempo e nem se quando Meloni se relacionou com Digger, ela já era mãe de Bart Allen, o Kid Flash.

Posteriormente, tornou-se membro do Esquadrão Suicida para conseguir perdão por seus crimes. A personalidade irritante e as frequentes manifestações racistas de Harkness (constantemente usava termos pejorativos para falar do membro negro da equipe, o Tigre de Bronze) causaram conflitos consideráveis entre os membros do Esquadrão e, mesmo para os padrões do grupo, o vilão era considerado perigoso, cruel, covarde, traiçoeiro, indisciplinado e disfuncional.

Durante o período em que esteve atuando pelo Esquadrão Suicida, Digger recebeu de Amanda Waller, a oportunidade de viver em um apartamento em New Orleans. Contudo, a necessidade doentia de praticar golpes fez com que Harkness se apoderasse do uniforme e equipamentos do falecido Sam Scudder, o Mestre dos Espelhos I para praticar vários roubos.

Desconfiada das atitudes de Bumerangue, Waller contou com a ajuda de Mark Shaw, o Caçador, para prender o novo "Mestre dos Espelhos", escalando-o para uma missão do Esquadrão, onde Bumerangue faria parte. Harkness bem que tentou estar em dois lugares ao mesmo tempo, porém, acabou complicando-se e sua farsa foi revelada. Como punição, Waller confiscou-lhe o apartamento e ele foi obrigado a voltar a Belle Reve, QG do Esquadrão, e participar de todas as missões sem qualquer reclamação.

Ainda no Esquadrão, Digger manipulou outro membro do Esquadrão, o Amarra, fazendo-o fugir de uma missão contra os Caçadores Cósmicos apenas para verificar se os braceletes explosivos implantados nos vilões do grupo eram realmente ativados se o usuário tentasse escapar. Quando Amarra tentou fugir, acreditando que os explosivos eram falsos, eles foram ativados, causando a perda de seu braço.

Anos mais tarde, na esteira da morte de Sue Dibny, um Bumerangue acabado e gordo, finalmente conheceu seu filho Owen. Digger se surpreendeu quando o filho apresentou ter supervelocidade. No mesmo período, Capitão Bumerangue foi contratado para matar o pai de Tim Drake, que, antes de morrer, feriu o vilão fatalmente. Então, após sua morte, Owen assumiu seu legado.

Posteriormente, quando uma guerra entre Galerias de Vilões explodiu, Digger foi rapidamente ressuscitado, mas pereceu novamente, logo depois.

Durante a Noite Mais Densa, ele voltou como um Lanterna Negro. Durante o clímax da guerra contra Nekron, Digger foi um dos escolhidos para ressuscitar. De volta à vida, ele recebeu da Entidade a missão de jogar um bumerangue em Columba, enquanto não faz isso, passou a enfrentar um também ressuscitado Barry Allen.

Poderes & Habilidades

O Capitão Bumerangue possui grande habilidade no manejo de bumerangues, tornando-os armas realmente mortais. Após retornar à vida, Digger passou a criar bumerangues energéticos, que causam grandes explosões ao atingir suas vítimas.

Nenhum comentário: