26 de mar de 2011

Brainiac 8 - Índigo

Vinda de uma distante época futurística, Índigo chegou ao século XXI bastante danificada, desesperadamente à procura de um organismo cibernético ou mecânico capazes de repará-la. No processo, ela tentou instalar suas rotinas de autocorreção nos Homens Metálicos, mas eles foram incapazes de ajudá-la em sua manutenção. Então, foi atrás de Cyborg, mas no processo, ela danificou o herói.

Atacada pelas forças combinadas da Justiça Jovem e dos Titãs, ela acaba ativando seu modo defensivo, atacando os heróis. Embora as forças combinadas dos jovens heróis a tenham danificado muito mais, ela foi capaz de ativar um andróide do Superman, que estava desativado por ser perigoso demais. Em seguida, a andróide se desligou. Entretanto, quando o Superman andróide atacou os jovens heróis, matando Sina e Donna Troy no processo, a andróide foi ativada por Arsenal e Robin para que pudesse desativar o Superandróide, antes de se desligar novamente.

Quando o Arsenal reformou os Renegados, a andróide, reprogramada pelos Laboratórios S.T.A.R e agora batizada de Índigo, foi recrutada para equipe, mostrando uma personalidade ingênua. Na equipe, passou a se relacionar com Morfo, um conjunto de células que se desprenderam do Metamorfo, quando este serviu de transporte para a LJA, em uma reentrada ao planeta Terra.

Porém, foi revelado que Índigo era na verdade Brainiac 8, um subprograma essencialmente criado por Brainiac 6. Índigo foi enviada do futuro para o passado para matar Donna Troy no intuito de assegurar o futuro de Colu. Os Brainiacs, Lex Luthor e um mentalmente controlado Superboy atacaram os Novos Titãs e os Renegados. Com a força conjunta dos Novos Titãs e dos Renegados, a persona de Índigo supera o controle de Brainiac 8, e revela ser uma personalidade genuína. Chorando, pede para que Morfo a matasse antes que a persona de Brainiac 8 pudesse prejudicar as pessoas que ela ama. Morfo, em lágrimas, transformou a sua estrutura molecular em carne, matando-a no processo.

Nenhum comentário: