11 de mar de 2011

Pária - Kell Mossa


Pária era um brilhante cientista de uma Terra paralela (Após a Crise foi estabelecido que ele viesse de um mundo alienígena) e superior a todos os demais, criando milagres.

Certa vez, Pária descobriu o Multiverso e o Universo de Antimatéria. Ignorando todos os apelos de sua antiga assistente Sondra, e as lendas de que caso visse a origem do Universo tudo seria destruído, o cientista com uma de suas máquinas formou uma câmara de antimatéria , dentro de qual pôde-se penetrar a barreira entre os Universos, podendo assim, em segurança, observar a origem de toda e existência.

Porém, o Antimonitor se aproveitou do experimento de Pária e converteu a antimatéria em energia, concentrando-a no universo do cientista, destruindo mundos para adquirir mais dela, só então se livrou da prisão para disseminar seu domínio, já que a cada Universo de matéria morto, ele se tornava mais poderoso. Felizmente, Pária foi salvo pelo Monitor.

Pária pensava que fora responsável pela destruição de seu Universo e pela libertação do Antimonitor, que iniciou a Crise nas Infinitas Terras. Durante o evento, Pária, que acreditava ser amaldiçoado, já que ele nunca morria e era sempre levado catástrofe após catástrofe e atraído a cada Terra que estava sendo destruída pela antimatéria. Numa dessas, salvou Lady Quark.

Antes de morrer, o Monitor revelou que foi ele quem salvou Pária, pois via nele uma grande arma contra o Antimonitor. Com a morte do Monitor, Pária, Alex Luthor Jr da Terra 3 e Precursora tomaram o controle da resistência contra o vilão.

Durante o confronto contra o Antimonitor, na Aurora do Tempo, Pária descobriu que não fora ele o culpado por tê-lo libertado.

Ao fim do evento, com a morte do Antimonitor, Pária viajou com Lady Quark e Precursora por um tempo, explorando o mundo e terminando A História do Universo DC (que foi reconstruído durante a Crise).

Seu poder de vôo parecia limitado, mas ele manteve sua imortalidade e a capacidade de pressentir os desastres que se aproximavam, sendo levados a eles (essa capacidade parecia particularmente severa durante a Guerra dos Deuses). Ele também parecia ter desenvolvido uma espécie de fixação com Lady Quark.

Pouco antes da Crise Infinita, ao tentar avisar a Lex Luthor que um grande perigo estava chegando, acabou sendo capturado a mando de Luthor pelo Quinteto Mortal. Em seguida, foi surpreendido quando o vilão revelou ser na verdade Alex Luthor Jr da Terra 3. Aprisionado, acabou sendo assassinado com um tiro, apesar de sua imortalidade. Foi explicado que a imortalidade do herói só era efetiva com o multiverso original, consequentemente sem ele, o mesmo pôde ser morto.

Durante a Noite Mais Densa, Pária reapareceu como um Lanterna Negro, também pressentindo desastres.

Nenhum comentário: