11 de nov de 2011

A incoerência entre os Editores do novo UDC

Impressionante como a DC se mostra incoerente em relação ao Novo 52. Desculpem os novos fãs ou aqueles que vêm achando esta a grande jogada de marketing da DC (também considero isso a grande jogada).

Este post nem é um desabafo ou "dramalhão" que algumas pessoas taxariam. Todos sabem que cresci lendo e acompanhando todas as fases dos Titãs, desde o começo dos anos 80. Acompanhei todas as CRISES e a ZERO HORA. Em nenhuma delas houve desconsideração absoluta com a história do grupo. Claro que muitos dirão: "Mas as histórias da Diana, do Clark e da JSA mudaram radicalmente ao longo dos anos". Sim! Mas sempre acabaram revertendo a seus elementos básicos de criação. Os Titãs mesmo sofreram mudanças após Crise nas Infinitas Terras, mas nem por isso houve descaracterização dos personagens ou de suas histórias.

Não engulo o argumento de que são novos tempos e que são novos personagens. Até gosto de alguns títulos do novo universo, principalmente BATWOMAN, SWAMP THING e ANIMAL MAN. Se repararem, são alguns dos poucos títulos que mantêm as características da fase pré-Flashpoint. Talvez por não terem muito de sua cronologia alterada...

Enfim, acho uma falta de respeito aos fãs (não importa se são antigos ou não) dos Titãs, alterando sua história. Não acho que o argumento de conquistar novos fãs justifique toda essa mudança. Conheço jovens que podem se considerar uma Enciclopédia DC atualmente e que nasceram há 15, 17 anos, certo, Sleman? 

Quem gosta vai atrás!

Muito da cronologia antiga estava desgastada. Era mesmo necessário uma mudança, mas uma que respeitasse uma história clássica e cheia de elementos que conquistaram fãs ao redor do mundo em todas estas décadas.

Não se trata de "Titanismo", mas, sim, de respeito!

A DC disse que havia planejado um "timeline" coerente para integrar todos os personagens e suas histórias neste novo universo. Então, vejamos:

- Em BATWOMAN #01, Bette Kane disse ter feito parte dos Titãs;

- Lobdell mantém o argumento, em diversas entrevistas, que houve um grupo de Titãs antes deste;

- Geoff disse que após o primeiro arco da Liga da Justiça, haveria uma porta para que Vic se juntasse ao grupo;

- Roy pergunta a Kory sobre alguns personagens dos Titãs em RED HOOD AND THE OUTLAWS, embora não nomeie o grupo como Titãs.

Então, vem a editora Chase e contesta todas estas informações. Chega a ser hilário...

Agora vamos esperar o pronunciamento de Lobdell esta semana para chegarmos às conclusões finais...


[ATUALIZAÇÃO] - 26/10/2011

Outra vez, notamos as discrepâncias entre a Edição dos Titãs. Em Teen Titans #02 [2011], Tim diz que talvez esta seja a mais curta formação dos Titãs que já existiu, implicando na prévia existência do grupo...

Tsc,  tsc... Bom, eu gostei desta referência. Não tem como voltar atrás...


[ATUALIZAÇÃO] - 11/11/2011

A situação da História dos Titãs parece se complicar cada vez mais. Agora, o roteirista de NIGHTWING e DEATHSTROKE revelou que o Exterminador não possui conexão alguma com o grupo de adolescentes. Ele disse para o site Inside Pulse:

O Exterminador não tem mais ligação alguma com os Titãs. Assim, descobriremos como ele e Asa Noturna se conheceram em breve.
Esta nova informação traz sérias alterações ao grupo, uma vez que Jericó, filho de Slade Wison, fez parte fundamental do grupo antes de Flashpoint. Aparentemente, as estórias clássicas do grupo parecem terem sido excluídas da cronologia.

Infelizmente!

Nenhum comentário: