22 de abr de 2012

C2E2: Cyborg pode ganhar mensal


Cyborg (ou Ciborgue, como normalmente é chamado no Brasil) foi criado nos anos 1980 por Marv Wolfman e George Pérez para sua nova e revolucionária fase dos Novos Titãs. Vic Stone, apesar de toda sua popularidade adquirida durante os anos, nunca teve uma revista mensal sua, mesmo que em 2008 tenha ganhando uma minissérie.
Após um bate-papo com fãs na última C2E2, Johns foi perguntado sobre uma possível revista regular do personagem, especialmente porque além de merecer o herói é o único membro oficial da Liga da Justiça a não ter um título próprio. O autor, que concordou com o fã, e ainda disse: “você está certo. Muito falamos [na DC] sobre uma revista dele e posso garantir que vai acontecer. Fico feliz que goste do personagem” complementou.
Na recente cronologia do New 52 o personagem foi retirado de seus laços com os Titãs e tornou-se um dos membros fundadores da nova Liga da Justiça, tendo sua nova origem inclusive contada na própria mensal da equipe.
Fonte: Multiverso DC

4 comentários:

Valery Cats disse...

Cyborg e Ravena são os melhores titãs!

Venerável Victor disse...

Sem querer parecer um chato, vou falar que muita coisa tem que ser feita com ele para que essa mensal vingue...ta foda o cara como está, tá bidimencional demais, fora que sem grandes motivações...adoro ele, concordo que sempre foram os melhores Titàs da década de 80 (Ravena e ele, meu xará), mas acho muito ariscado ele ter uma mensal se não sofrer mudanças nela ou antes...do jeito que ele está há pelo menos 20 anos, o Coisa do Quarteto Fantástico, tá mais humano...

Bongop disse...

Gostaria mais de ver o Cyborg nos Titãs, não sei como ele se está comportando na JLA...
Quanto a um título a "solo", não sei se ele terá uma margens de fãs suficiente para sobreviver de início nas vendas, para depois (se as estórias forem boas) conseguir garantir uma boa base de público comprador...

Abraço

Pedro Henrique Leal disse...

Já fizeram do ciborgue o velho clichê do "Homem negro zangado", essa revista tem tudo para ser um porre, já que o personagem dele hoje se resume a "ele é negro, ele é um ciborgue, ele está zangado" - e sabe se lá com o que, se ele ao menos fosse um personagem politizado, aí era outra história (vide o Luke Cage).