8 de jun de 2017

Jovens Titãs: nova revista mensal

A Panini Comics anunciou o lançamento da nova revista mensal Jovens Titãs, que chegará às bancas em julho.



O título terá 52 páginas com capa couché, páginas em LWC ao preço de R$7,50. 

A primeira edição trará as histórias de Teen Titans: Rebirth #1 e Teen Titans #1, e a partir da segunda, Teen Titans dividirá o título com a minissérie da Ravena, por seis meses.


Jovens Titãs é escrito por Benjamin Percy, com arte por Jonboy Meyers, Khoi Pham e Wade von Grawbadger, além de participações dos artistas Diogenes Neves, Ruy Jose e Sean P. Parsons.

Ravena é escrito por Marv Wolfman com arte por Alisson Borges, Diogenes Neves e Ruy Jose.




Confira o release publicado no site da Panini, escrito por Bernardo Santana:


"Estamos devendo há algum tempo por aqui a confirmação que deve amainar a ansiedade nos corações de muitos decenautas… então vamos a ela sem demora! Chega às bancas do país em julho a última revista mensal (pelo menos por enquanto) a ser lançada dentro da iniciativa Renascimento: Jovens Titãs!

Seguindo o padrão da maioria das mensais dessa nova fase, o título terá 52 páginas todo mês, com capa couché, miolo LWC e custando R$7,50. Nesse primeiro número, Jovens Titãs trará histórias exclusivamente do grupo de heróis adolescentes da Editora das Lendas — Teen Titans: Rebirth 1 e Teen Titans 1 —, mas, já a partir de agosto, ganha o reforço do título da Ravena, completando o mix.

E a trama das aventuras dos heróis nesse recomeço não poderia ser mais instigante: sem mais poderem contar com seu líder após eventos dramáticos (mais detalhes em Detective Comics 4, também de julho),  os Jovens Titãs acabam “ganhando” um novo Robin para chamar de seu: ninguém menos que Damian Wayne. Se ele vai ou não conseguir liderar o grupo com todo aquele seu carisma, só mesmo o tempo vai poder revelar…

As histórias de Jovens Titãs ficam por conta de Benjamin Percy (roteiro), Jonboy Meyers (roteiro e desenhos), Khoi Pham (desenhos) e outros criadores, entre eles o ilustrador brasileiro Diógenes Neves."

Nenhum comentário: