30 de out de 2007

Ira West


Ira West, um dos maiores cientistas de todos os tempos, se formou nas universidades mais prestigiadas da Terra, além de já ter sido premiado como prêmio Nobel. Com sua esposa, Nadine, teve dois filhos, Rudy (Rudolph) e Charlotte West. Entretanto, uma terceira criança, Íris, que fora enviada do século XXX por Eric e Fran Russel, tornou-se sua filha favorita. Na verdade, o casal Russel enviou sua filha para o passado na tentativa de salvá-la de um Armagedon. Ira escondeu da garota sua verdadeira origem.

Com suas patentes, Ira proporcionou a Íris a possibilidade de estudar fotojornalismo nas melhores universidades do mundo. Todavia, quando Nadine faleceu, Ira acabou vivendo solitariamente.

Mais tarde, Íris ficou muito chateada com seu pai adotivo quando soube de sua verdadeira origem. Mas, como o amor falou mais alto, eles se reconciliaram. Mas, quando Íris voltou do século XXX, ela escolheu não encontrar seu pai, uma vez que ele ainda acreditava que ela havia morrido pelas mãos do professor Zoom.

Quando lecionava na Universidade de Central City, o professor Ira West foi surpreendido por um de seus alunos, Barry Allen, quando este contou-lhe que havia ganho supervelocidade. Barry pediu ao professor West (em quem confiava) a ajudá-lo a criar um uniforme para combater o crime como Flash. West desenvolveu, então, um tecido que se expandia a partir de um anel. Com o passar do tempo, West se esqueceu dos eventos anteriores a um acidente vascular cerebral, incluindo a identidade secreta do Flash.

Desde então, o Flash sempre solicitava a ajuda do Professor West em questões científicas, mantendo sua identidade secreta.

Entretanto, recentemente, Ira apareceu para seu neto Wally, que acreditava ser o responsável pela morte de seu avô, tempos atrás, no laboratório do mesmo. Na verdade, Ira revelou ao neto que ele não havia morrido, mas está deslocado no tempo. Apresentando certa confusão, ele confortou Wally ao fazê-lo perceber que ele se encontra vivo e bem, tentando desvendar muitos mistérios ao redor da esfera cronal.

Nenhum comentário: