12 de nov de 2007

Ares


Ares é o deus grego da Guerra e um dos maiores inimigos da Mulher-Maravilha. Seus poderes são energizados através de combates dos mortais – aqueles que ele incita a guerrear, independente dos motivos.

Tempos atrás, a meia-irmã de Ares, Ártemis, anunciou seu plano para criar uma raça de mortais na Terra. Temendo que esta raça servisse como voz de paz e harmonia entre seus seguidores, Ares se opôs aos planos de sua irmã a contragosto de outros deuses. Assim, ele jurou que esta nova raça de mulheres, as Amazonas, seriam sempre ameaçadas por diversos inimigos. Ele não sabia como seu destino se interligava com a das Amazonas.

Inadvertidamente, Menalippe, o oráculo das Amazonas, descobriu que Ares perdera sua sanidade e planejava usar seu poder para iniciar um conflito que pereceria toda a Terra. Os outros deuses comandaram as Amazonas na escolha de uma campeã para enfrentar Ares. A campeã escolhida foi a Princesa Diana, filha da Rainha Hipólita, que um dia seria conhecida pelo mundo como a Mulher-Maravilha.

Em contrapartida, Ares planejou um ataque à Ilha Paraíso, lar das Amazonas. Embora um jato da Força Aérea Americana, sob influência de Ares, bombardeara a ilha, Diana interrompeu o ataque e resgatou o piloto Stephen Trevor de um desastre maior, salvando sua vida e adquirindo um aliado em sua batalha contra Ares.

Ao conhecer o Mundo dos Homens, Diana descobriu que Ares adquirira controle suficiente sobre o exército americano para iniciar uma guerra nuclear para encerrar todas as guerras.

Usando seu laço da verdade contra Ares, Diana conseguiu abrir seus olhos acerca da realidade – que seus planos destruiriam a humanidade e a existência por si só. Como nenhum deus poderia sobreviver sem seguidores, Ares recuperou sua sanidade e desistiu da batalha.

Tempos depois, quando Darkseid, o temível governante de Apokolipse, ameaçou invadir o Monte Olimpo, a maioria dos deuses escolheu uma Migração Cósmica. Seus objetivos eram encontrar um novo lar. Ao escolher se juntar a eles, Ares se retirou junto a sua filha, Harmonia, de seus planos de guerra.

Em seguida, Ares abençoou Cassie Sandsmark com um laço mágico. Repleto de poder derivado de Zeus, a arma mágica se tornou um utensílio poderoso para a jovem Moça-Maravilha.

Quando os deuses gregos se retiraram deste plano de existência junto às cidadãs da Ilha Paraíso, Moça-Maravilha sentiu seus poderes se esvaírem. Antes do desaparecimento dos deuses, Ares apareceu à Cassie e deu-lhe uma fração de seus poderes divinos, dizendo ser um presente em troca do reconhecimento por parte de sua irmã.

Como todos os deuses do Olimpo, Ares possui força descomunal e resistência, além de ser um mestre estratégico e possuir vasto arsenal. Sua armadura é virtualmente indestrutível.

Nenhum comentário: