6 de nov de 2010

Homem Animal - Buddy Baker


Buddy Baker, em sua juventude, era um punk radical. Certo dia, ao ver uma espaçonave alienígena cair na Terra, resolveu investigá-la. Ao chegar perto da nave, ela acabou explodindo, o que ocasionou a morte de Buddy. Porém, os alienígenas o recriaram com enxertos morfogenéticos que ajudam-no a extrair seus poderes desse campo, o que dá características aos animais da Terra. Os alienígenas não só deram poderes a Buddy, como também à Víxen, Fera Bwana e Tabu.

Esses acontecimentos confusos ficaram escondidos no subconsciente de Buddy e, de repente, ele se viu capaz de usar poderes dos animais que estavam próximos a ele. Buddy estava agora conectado ao campo morfogenético da Terra, campo esse que liga todos os seres vivos.

Aceitando uma sugestão de seu amigo Roger, Buddy passou a usar um uniforme laranja e azul, dando início à carreira de super-herói como Homem Animal, tanto para se divertir, como para promover sua banda de rock, lutando contra alienígenas e outras aberrações.

Após alguns anos de heroísmo, Buddy abandonou a identidade de Homem Animal, casou-se com sua namorada do colégio, Ellen Frazier, e mudou-se para San Diego. Ambos passaram a viver do trabalho de Ellen como ilustradora de contos infantis e da recém-iniciada carreira de Buddy como dublê de cinema para sustentar os dois filhos, Cliff e Maxine.

Buddy foi membro dos Heróis Esquecidos, grupo este que ele ajudou durante a Crise, onde foram levados por Brainiac até Apokolips.

Após a Crise, Buddy voltou à vida simples de pai de família, embora o sonho de ser um super-herói reconhecido jamais saía de sua mente. Ele queria fazer diferente, mas tinha que sustentar sua família. Convencido que o Homem-Animal ainda tinha seu lugar no mundo, Buddy voltou à ativa quando foi contratado pelos Laboratórios S.T.A.R. para deter Fera Bwana.

De volta como Homem Animal, Baker se encontrou com uma versão mais séria e moribunda do Coiote, o do desenho Papa-Léguas, que foi expulso do mundo dos desenhos por Deus e ainda foi afetado pela bomba genética lançada pelos Dominadores durante uma invasão. Durante este período se tornou membro da LJI.

Logo após, ele embarcou em uma viagem rumo a África junto a Víxen, onde descobriu por meio dos Alienígenas Amarelos, que após a Crise, sua origem permaneceu inalterada após o realinhamento temporal promovido pela Crise, portanto ele é um paradoxo.

Enquanto estava em uma jornada psicodélica no deserto, Buddy quebrou a quarta parede e conseguiu ver seus leitores. De volta, Buddy descobriu que sua família foi assasinada. Cruelmente, Buddy se vingou e decidiu alterar o passado. Durante suas tentativas de voltar no tempo, acabou encontrando Vingador Fantasma, Jason Blood e Homem Imortal, que convenceram Buddy a aceitar o fato da morte de sua família. De volta ao presente, foi recrutado pelos Alienígenas Amarelos para que ele detive-se o Pirata Psíquico, único que lembrava do período Pré-Crise, que estava trazendo personagens apagados e esquecidos pela Crise (entre eles estava Aquagirl), o que estava ameaçando a estrutura do espaço-tempo.

Após ter resolvido a situação, Buddy entrou no Limbo dos Quadrinhos, lar dos personagens esquecidos e apagados da cronologia. Durante sua estadia, ele encontrou Grant Morrison, seu escritor, que revelou que o herói não passava de um personagem de gibi. Por fim, Morrison se despede de Buddy, que de volta a sua casa, descobre que sua família está viva.

Anos mais tarde, auxiliou a Liga da Justiça contra Mageddon, durante a Terceira Guerra Mundial.

Depois de outras desventuras, Buddy atuou em Crise Infinita, onde graças a um problema com o teletranporte, ficou preso junto a Estelar e Adam Strange no espaço. Durante este período, Buddy se envolveu romanticamente com Kory, além de terem se encontrando com Lobo e Lady Styx. Foi durante a batalha contra Lady, em que ele morreu envenenado. Porém, mais uma vez foi ressuscitado pelos Alienígenas Amarelos, voltando assim à Terra.

Mais tarde, Estelar conseguiu chegar à Terra e decidiu entregar a Jaqueta que Homem Animal havia lhe dado para a família do amigo, desconhecendo que Buddy havia ressuscitado e chegado na Terra um pouco antes dela. Assim que conseguiu entregar a jaqueta à Ellen, mulher de Buddy, Kory desmaia e fica sob os cuidados da família Baker.

Ao despertar, após semanas dormindo, Koriander descobre que seus poderes a deixaram. Assim, ela decidiu levar uma vida normal e longe de seus amigos Titãs. Com isso, Buddy a convidou para ficar com sua família como babá de seus filhos. Ellen, ao perceber o quanto seu marido e a alienígena se tornaram íntimos, não aprovou a ideia, mas acabou aceitando. Mesmo sem poderes, Kory auxiliou Buddy na luta contra a população infectada por um vírus alienígena. Durante esta batalha, o ciúme que Ellen sentia aumentou mais ainda. Porém, quando Kory recuperou seus poderes e curou a todos, as duas finalmente se tornaram grandes amigas.


Durante a Noite Mais Densa, Buddy tornou-se um Lanterna Negro, porém, logo depois se tornou membro da Tropa dos Lanternas Brancos e ajudou a outros heróis a deterem Nekron.

2 comentários:

Nícolas disse...

Essa foi umas das minhas primeiras histórias que eu li desde que virei Decenauta...

Nícolas disse...

Esse do último quadrinho, sabe?