30 de jan de 2011

Sparx - Donna Carol Force

Donna Carol Force, ou DC, é parte de uma família meta-humana. O mair desejo de DC era se tornar uma meta-humana como o resto de sua família. Na tentativa de ativar seus genes meta-humanos, DC foi para Metrópolis com seu tio Harry na esperança de encontrar os parasitas alienígenas que atacavam a cidade na época. Ela acreditava que os alienígenas poderiam despertar seus meta-genes.

DC e Harry encontraram um parasita conhecido como Gemir que a mordeu. Felizmente, ela passa a ser um dos raros sobreviventes dos ataques dos parasitas e, como conseqüência, ganhou poderes elétricos.

Ela auxiliou Superboy na luta contra os parasitas e, após a vitória, DC se despediu de Superboy com um beijo e assumiu o codinome de Sparx.

Devido à influência de sua mordida, Sparx foi atraído para o campo de batalha final contra os alienígenas.Ela encontrou vários outros heróis que ganharam poderes graças aos parasitas. Com todos juntos, os alienígenas foram destruídos.

Ela e os outros que ganharam poderes devidos aos alienígenas, foram apelidados de “Sangue Novo” e formaram a equipe conhecida como Blood Pack, que se desfez rapidamente.

Logo depois, Donna se aliou ao Superboy e ao grupo de ravers conhecido como Horizonte. O grupo viveu diversas aventuras, momento em que Sparx desenvolveu grande afeição por Hero Cruz. Porém, este disse à garota que ela havia se apaixonado por uma das transformações dele e não exatamente por ele. Na verdade, Cruz não queria nada com ela pelo fato de ser homossexual, deixando-a arrasada.

Mais tarde, o grupo se desfez quando Kindred Marx, o líder do Horizonte, decretasse o fim das festividades.

Durante os eventos de Crise Final, Sparx foi vista integrando a Liga dos Titãs junto com a Imperatriz e Mas e Menos. Neste momento, eles foram subjugados pelo Dr. Luz e o Mestre dos Espelhos. Porém, Sparx foi vista como uma das possíveis recrutas dos Titãs, indicando que ela sobreviveu ao ataque dos vilões.

Poderes & Armas

Sparx pode controlar eletricidade e voar.

Nenhum comentário: