15 de fev de 2011

Epsilon


O Departamento de Operações Extranormais (DOE) é um orfanato composto por órfãos super-poderosos. O órfão psicótico conhecido como Epsilon foi possuído por outro órfão, Kevin Tanaka, que garantiu segurança a seus outros amigos na Torre Titã. Após o verdadeiro Epsilon se libertar, ele destruiu a Torre Titã em uma batalha que, aparentemente, custou-lhe a própria vida.

Pouco se sabe sobre a infância de Epsilon. Quando jovem, Epsilon integrou o orfanato do Departamento de Operações Extranormais – D.O.E. - criado para cuidar de órfãos meta-humanos. Embora seus poderes não tenham sido catalogados, ele parecia possuir grande força, resistência, poder de vôo e imunidade à magia. Também manifestou tendências psicopáticas, fazendo com que o D.E.O. o observasse quando ele deixou o orfanato aos dezoito anos.


Epsilon e sua amante, Theta, foram contratados por alguém misterioso para se infiltrarem nos Titãs e derrotá-los. Então, Epsilon apareceu em Nova York como um super-herói, conquistando a simpatia dos Titãs.

Quando um grupo de órfãos do D.O.E. viu os Titãs e Epsilon juntos no noticiário, perceberam a oportunidade de escaparem. O órfão Kevin Tanaka, que possuía a habilidade de projetar sua mente dentro de outro corpo, planejou possuir Epsilon, enquanto os outros órfãos – Grace, Zeke, Eli, Scrap, Nikki – escapavam do orfanato em busca da proteção dos Titãs. Kevin conseguiu possuir Epsilon.

A Agente nativo-americana Dakota Jamison confrontou os Titãs por causa de Epsilon. Mas os Titãs aceitaram manter Epsilon na Torre Titã. Entretanto, Asa Noturna e Dakota Jamison passaram a desconfiar do vilão.

Quando Epsilon secretamente se encontrou com Theta em um hotel em Manhattan, as personalidades de Kevin e do verdadeiro Epsilon oscilaram, deixando Theta preocupada com o estranho comportamento de seu amante.

Concomitantemente, Argenta passou a se interessar por Epsilon. Como Kevin era uma criança no corpo de um adulto, assustava-se com freqüência com os flertes de Argenta, iniciando um romance com a garota.

Mais tarde, Argenta obteve o endereço de Theta, confrontando-a. Theta disse a Argenta que ela e Epsilon foram contratados pelo pai de Argenta. Era pra Epsilon se infiltrar nos Titãs, enquanto Theta seria o contato fora do grupo. Irada, Argenta procurou seu pai na prisão onde ele fora mandado por traficar drogas. Ele negou qualquer conexão com Theta e Epsilon.

Em seguida, Dakota Jamison contou com a ajuda dos Titãs para ajudar o órfão Kevin Tanaka. Dakota sabia que Kevin era amigo dos outros órfãos que estavam hospedados na Torre Titã. Assim, ela esperava que os Titãs a ajudassem a localizar Kevin antes que seu verdadeiro corpo perecesse. Kevin não queria desistir do corpo de Epsilon, mas a fragilidade do garoto permitiu que o verdadeiro Epsilon tomasse controle de seu corpo. Neste momento, Epsilon descontou toda sua ira, destruindo a Torre Titã.

Com isso, Epsilon se encontrou com Theta e, juntos, atacaram Kevin. Então, Kevin possuiu o corpo de Argenta, deferindo uma potente rajada no vilão. Theta fugiu com o corpo de seu amante em seus braços. Não se sabe se Epsilon sobreviveu ou não ao ataque de Kevin, que, por sua vez, não resistiu, morrendo no hospital do D.O.E..

Theta parecia compartilhar os mesmos poderes de seu amante.

Nenhum comentário: