29 de set de 2006

Estrela Vermelha - Leonid Kovar


Dez anos atrás, o jovem Leonid Kovar acompanhou o pai em uma expedição arqueológica ao Rio Yenesi (URSS) para investigar o local onde um meteoro teria caído em 1908. Os Kovar encontraram uma nave alienígena, e Leonid foi acidentalmente bombardeado por um feixe de energia, seu corpo se alterou, e o garoto desenvolveu superpoderes. Levado pelo governo de seu país, Leonid foi submetido a uma série de estudos e treinamento, tornando-se o primeiro membro da nova geração de meta-humanos soviéticos.

Originalmente batizado como Estelar, Leonid serviu fielmente a seu país e foi doutrinado segundo os dogmas do Partido Comunista.

Neste período, Konstantin, seu pai, supostamente morreu trabalhando para o Serviço Secreto Russo, deixando Leonid sob os cuidados do cientista e amigo Pyotr Raskov. Para assegurar a lealdade do herói, os dirigentes coibiram seu contato com o mundo ocidental, abundante em meta-humanos.

Mesmo assim, Leonid conseguiu conhecer alguns superseres de outros países e fez amizade com a Turma Titã.


Mas sua lealdade foi realmente testada quando sua noiva, Maladi, foi vítima de uma trama insana que a infectou com uma doença letal. Leonid a seguiu aos Estados Unidos, onde ela espalhou a doença através do toque, matando-a lentamente. Com isso, ele novamente encontrou e confrontou os Titãs. Quando Maladi foi encontrada, já era tarde demais para salvá-la, ela veio a falecer, justamente, no dia em que eles se casariam.

Como parte das mudanças na então União Soviética, o presidente enviou Leonid, rebatizado de Estrela Vermelha, aos Laboratórios S.T.A.R. de São Francisco para participar de um programa de intercâmbio científico sobre superpoderes. Atacado por Foice e Martelo, superseres recrutados por uma facção conservadora soviética, Estrela Vermelha uniu-se aos Novos Titãs e subjugou os reacionários; tal evento levou-a a se decepcionar com o governo russo.

Membro Oficial dos Titãs

Após este evento, membros dos Titãs foram capturados pela Sociedade Gnu, liderada por Jericó. Durante o conflito, um foguete, contendo Cyborg, foi lançado e caiu na Rússia. Cyborg foi levado à Cidade Científica por Leonid. Assim, um grupo de cientistas russos restauraram Victor. Os Titãs que não foram capturados saíram em busca de Cyborg, mas os russos permitiriam seu retorno apenas na companhia do herói russo. Assim, Estrela Vermelha ajudou os Titãs a derrotarem os Gnus.

Em seguida, ele passou a integrar o grupo. Neste ínterim Pantha apaixonou-se por ele e, mais tarde, Leonid foi chamado novamente à Rússia pelo Dr. Raskov. Ao retornar com Cyborg, descobriu que seu pai estava vivo e trabalhando em segredo durante anos para o Governo Russo.

Usando a tecnologia de Cyborg para criar homens cibernéticos, o insano Konstantin pretendia causar uma grande guerra ao assassinar o Presidente Russo, culpando os Estados Unidos. Leonid descobriu os planos de seu pai com a ajuda de uma garota chamada Anna. Ao tentar deter os meta-homens, uma explosão desencadeou novos poderes nele, que lhe permitiram derrotar o pai.


Entretanto, antes de ser morto por Anna, Konstantin matou Dr. Raskov, o que deixou Leonid muito triste, levando-o a ir embora para a América e juntar-se, mais uma vez aos Titãs. Em segredo, os cientistas russos transformaram Konstantin em meta-homem.

Leonid, insatisfeito com a intervenção do governo americano na equipe, resolveu voltar à Rússia, estabelecendo-se na Cidade Científica junto a Pantha e Bebê Gnu. O trio ajudou os Titãs sempre que foram solicitados, como quando o grupo enfrentou o Dr. Luz e o Superboy da Terra Primordial. Tal confronto resultou no assassinato violento da Pantha e do Bebê, isso deixou o Estrela-Vermelha desolado.


Mudanças



Em seguida, Leonid se juntou novamente aos Titãs, mas sua permanência foi muito curta. Voltou à Rússia, onde se tornou o maior herói do país ao derrotar alienígenas que lá ameaçaram. Hoje, o herói vive na nave que pertencia aos alienígenas muitos quilômetros acima de Moscou. Ele está decepcionado pelos Titãs não possuírem mais um vínculo familiar.

Poderes & Armas

As energias alienígenas que atingiram Leonid Kovar causaram uma reação em cadeia em nível molecular, amplificando suas habilidades físicas. Com o tempo, essas habilidades evoluíram de superforça e velocidade para uma variada gama de poderes. Hoje, possui superforça, é semi-invulnerável e tem a capacidade de absorver energias e canalizá-las de volta à fonte, além de se transformar em verdadeiras chamas vivas.

Um comentário:

Anônimo disse...

não era estelar era estrela de fogo!!!!!!!!