2 de ago de 2007

Sementes do Mito Grego


Réia e os Titãs do Mito foram exilados do Olimpo e fixaram-se em uma lua, batizada por eles de Nova Cronos. Através dos atos de Réia, a civilização que os Titãs do Mito construíram ruiu. Réia, viúva de Cronos, seguiu em uma missão suicida para encontrar vinte crianças destinadas a seguir o manto e manter seus nomes vivos. Ela encontrou as crianças que nasceram em diversos planetas no universo - todas encontradas à beira da morte. Assim, Réia as resgatou e as trouxe a Nova Cronos.

A cada uma das crianças foram dados nomes que refletiram a glória da Grécia - cidades que adoravam os deuses. A elas também foram dados poderes e treinamentos na arte de combate. Elas aprenderam a beleza da vida e a arte. Aos trezes anos, as crianças foram enviadas de volta a seus respectivos mundos. Para que vivessem como seres normais, a deusa Titã Mnemósine implantou falsas memórias nas crianças, com o objetivo de ensinar às sementes humildade - algo que os deuses Titãs nunca aprenderam.

Logo, foi descoberto que uma das sementes reteve sua memória, deixando-a insana. Esparta de Synriannaq declarou guerra contra as outras sementes, destruindo todas, exceto Xanthi de Ozyron, Atenas de Karakann e Tróia da Terra. As sementes restantes se uniram através dos Titãs do Mito e foram enviadas para conter Esparta. Xanthi ajudou seu amigo, Atenas, a se lembrar de sua infância em Nova Cronos. Entretanto, logo depois, Xanthi sacrificou sua vida para salvar Atenas da ira de Esparta, que foi derrotada durante a batalha. Donna retornou à Terra com novos poderes dados pelos Titãs do Mito, abandonando o nome de Moça-Maravilha, tornando-se Tróia.

Anos mais tarde, Tróia foi morta em batalha por um robô corrompido do Superman. Então, ela renasceu em Nova Cronos com falsas memórias como esposa do deus Titã, Coeus. Os Titãs do Mito procuravam explorar a galáxia para fins próprios. Eles tomaram vantagens de sua hostilidade entre os planetas para expandir seu poder através da galáxia e garantir passagem para outra realidade. Donna Troy seria usada como pivô - até que os Novos Titãs e os Renegados a localizassem, permitindo que ela voltasse à sua realidade.


A batalha teve um custo. A irmã-Titã de Donna, Esparta, foi usada pelos Titãs do Mito em sua busca por poder. Extraindo quase todo o poder da semente, os deuses Titãs fizeram dela uma oficial de sua milícia. Procurando controlar o planeta Minosyss, os deuses Titãs sacrificaram a vida de Esparta, que morreu nos braços de Donna.

Atenas - o único sobrevivente de seu planeta - também lutou contra a loucura dos deuses ao lado dos Novos Titãs, Renegados e Donna Troy. Assim que os deuses Titãs foram enviados ao Tártaro por Donna Troy, Atenas decidiu permanecer em Mynossys, liderando seus habitantes.

2 comentários:

Paco disse...

Excelente artigo, parabéns.
Só uma errata, o marido do mnemósine é Crius e o nome da Titã da Lua é Febe mesmo.
Valeu

Kid Leo disse...

Valeu, vou trocar, eu não achei minhas revistas e usei os nomes originais! Valeu prla dica!