13 de dez de 2009

Resumindo... RAPINA E COLUMBA


Parte um:
Nascer e Morrer em Crise


E se na hora de maior necessidade, uma voz vinda de parte alguma lhe oferecesse poder para resolver a situação?Isso aconteceu com dois irmãos de personalidades opostas que se viam em perigo iminente. E essa é a origem da dupla Rapina e Columba em poucas linhas. Mas apesar de parecer simplista envolveu muito mais do que isso. Eles eram Yin e Yang, dois lados opostos de forças que buscavam equilíbrio. Hank Hall possuía agressividade exacerbada. Nunca pensava antes de agir, era impaciente, impulsivo e imprevisível. Puro Caos. Seu irmão Don Hall, era o cara centrado, racional, estrategista. Sempre buscava uma solução pacífica para qualquer conflito e acreditava que a vida humana era sagrada, e deveria ser poupada a qualquer preço, e que não era certo ferir ninguém, “não importa o que essa pessoa tenha feito”. Ele disse isso durante a saga Crise nas Infinitas Terras. Era pura ordem.
Mas onde começa a ordem e termina o caos? O que são essas forças que não unidades de um mesmo contexto maior?

Columba morreu durante a citada Crise, foi assassinado por um demônio das sombras do antimonitor. Morreu lutando como o herói que sempre foi e... não...na verdade ele morreu soterrado por uma imensa parede de tijolos ao salvar a vida de uma criança. Seus poderes desapareceram misteriosamente, deixando-o indefeso. Sim... essa é a versão oficial agora... pelo menos por enquanto. Com tantos tapas dados na realidade (e na nossa cara) pelo Superboy Primordial a gente nunca sabe em que Terra vamos acordar hoje em dia. Parafraseando o Pirata Psíquico: “Nada mais é certo como antes. Nem previsível como era. Hoje em dia... você nunca sabe quem vai morrer... ou viver”


Quando Don morreu, a jovem Dawn Granger assumiu seu lugar. No momento em que os poderes de Don desapareceram, foram transferidos para ela, que se tornou a nova Columba e partiu em busca de Rapina, que resistiu no começo, mas logo a aceitou como sua nova parceira. Juntos eles combateram o crime, tiveram muitas aventuras, foram para outra dimensão, descobriram o nome mágico das criaturas que lhe davam poderes, T´Charr e Terataya, Lordes apaixonados da Ordem e do Caos. Rapina e Columba se aprimoraram e voltaram para a Terra.

Meu primeiro contato com a dupla foi em DC Especial 3, lançado em formatinho pela editora Abril. Desenhado pelo polêmico Rob Liefield. Críticas à parte, aquele trabalho ficou muito bom. E foi amor à primeira lida. Existia algo fascinante naquela dupla. Por algum motivo, aquelas pessoas totalmente opostas nasceram para estar juntas. Eu me lembro que a chamada da capa era: “Juntos novamente pela primeira vez”.
Para ser bem sincero, só bastante tempo depois descobri que Rapina e o primeiro Columba haviam sido Titãs... membros de uma divisão chamada “Os Titãs da Costa Oeste”. Tenho muito pouco contato com esse material, mas sei que é verdadeira a frase que diz: “Uma vez Titã, sempre Titã”. Por diversas vezes eles interagiram juntos, mesmo após a dissolução dessa divisão titânica. Dawn também chegou a atuar junto dos Titãs, chegando ser membro reserva.

Rapina e Columba tiveram suas histórias publicadas no Brasil na extinta revista DC 2000, e ficaram bem populares nos anos 90. Tudo parecia correr muito bem para a dupla.
Mas então, veio o Armageddon!

Continua...


Parte 2.
Parte 3 - Final.

5 comentários:

Tarcísio Aquino disse...

Essa dupla tem potencial. Espero que o Hank retorne em BN... Obrigado por retomar tudo isso, Rodrigo. Bem VIndo!

Sandro Victoria disse...

Valeu,Rodrigo. E que jeito de começar,fazendo sobre dois personagens que foram,pra variar,deixados um pouco de lado pela Dc.
Como disse o Tarcísio,seja Bem Vindo!

Rodrigo Garrit disse...

Valeu pessoal, que bom que gostaram. Já estou finalizando a parte 2 e começando a trabalhar em outros textos. Espero que curtam! Obrigado pelas boas vindas! Abraços!!!

Arthur Redfield disse...

Bem vindo, Rodrigo! Adorei a coluna. :)

Rodrigo Garrit disse...

Valeu Arthur... o bom é saber que a gente tá agradando! Logo, logo postarei a segunda parte e mais algumas outras coisas, fique ligado! Abraço!